O trecho da letra da música “Andar Com Fé” de Gilberto Gil  nos ajuda a compreender a história da caçapavana Marluza Terezinha Leal Pofal, 60 anos.

Uma promessa atendida por Nossa Senhora Aparecida transformou sua tristeza em alegria. Há 10 anos, a pensionista promove uma festa para as crianças no dia 12 de outubro na garagem de sua casa na rua Xiru Meireles, 388.

Dona Tereza, como é conhecida, reúne todos os anos dezenas de crianças das 65 famílias que ela ajuda diariamente no bairro Floresta e outras vilas. Neste ano, a festa do Dia das Crianças terá participação dos idosos das Associação Caçapavana de Amparo ao Idoso (Ascai).

Para promover a confraternização, ela conta com o apoio de inúmeros voluntários, que ajudam na organização e contribuem para o evento, com doações de produtos para fazer bolos, salgadinhos, comprar refrigerantes, decoração e brinquedos.

– Todo ano reservo meu 13º salário para a festinha das crianças e recebo apoio de várias pessoas. Foi uma promessa que fiz a santinha. Pedi a ela a cura do câncer na minha irmã e fui atendida por Nossa Senhora –conta dona Tereza.
No entanto, a ação comunitária não se restingue apenas a uma festa uma vez por ano. Diariamente dona Tereza auxilia diversas famílias com alimentos, brinquedos ou roupas.

– Quando meus filhos (oito) eram pequenos, meu marido era carroceiro, não tínhamos muito o que comer, recebia doações dos vizinhos para alimentar minha família. Hoje, graças a Deus tenho condições de ajudar as pessoas e isto me deixa feliz – ressalta.

A cozinha é o “coração” da casa de dona Tereza. No espaço, ela recebe quem doa, quem precisa de doações e prepara os alimentos no fogão a lenha, pois “Andá com fé eu vou. Que a fé não costuma faiá. Que a fé tá na mulher…”.

Gazeta de Caçapava
Fotos: Marcelo Marques / Gazeta
13.08.2017 – 20h53min