Select Page

Área de cultivo de arroz diminui em razão do plantio de soja

Área de cultivo de arroz diminui em razão do plantio de soja

Jaime Dalmazo, engenheiro agrônomo da Cotrisul
(Foto: Marcelo Marques/Gazeta)

O plantio da safra 2018/19 de soja atingiu 70% da área prevista no município, informou o engenheiro agrônomo da Cotrisul, Jaime Dalmazo. Estima que a área destinada a oleaginosa chegue a 23 mil hectares.

– A área de plantio de arroz está diminuindo, devido ao custo da lavoura, preço de mercado e principalmente por falta de mão de obra rural. Somente os grandes produtores estão plantando. Quem arrenda campo está investindo em soja – disse Dalmazo.

Segundo o agrônomo, o cultivo da soja está entrando em novas áreas ou em rotação com o arroz.

– O clima é que não está ajudando. Os dias quentes, as noites frias e as chuvas fortes estão resultando em ataque de fungos e replantio de áreas. O desenvolvimento não é considerado satisfatório. No momento, chuva acima da média é prejudicial a cultura – informou.

Conforme Dalmazo, o custo da lavoura está mais alto este ano. Houve um aumento em 30% em relação ao ano passado.

– Para exemplificar. Em 2017, o agricultor comprou adubo, em média, ao preço de R$ 1 mil reais a tonelada. Neste ano, o valor pulou R$ 1,6 mil, em função da disparada do dólar, que ultrapassou R$ 4,00 – disse.

O agricultor e gerente comercial da Fida, Paulo Roberto Barbosa, que já plantou 80% da área destina a soja, também reclama das condições meteorológicas.

– Choveu fora do normal para o período. Devido a unidade excessiva do solo tivemos que fazer o replantio em algumas áreas – ressaltou.

No Estado, conforme projeções da Emater, a safra 2018/2019 deve ter acréscimo de 2,30% na área plantada, chegando a 5.890.619 hectares. Para a cultura arrozeira, a previsão é de que a área a ser plantada chegue a 1.050.300 hectares, número 1,69% menor que a safra 2017/2018. A produção deve chegar a 7.976.474 toneladas.

Sobre o(a) Autor(a)

Previsão do Tempo

TV Gazeta – Mil Edições