Select Page

Memória do Futebol – E.C. Aymoré Bi-campeão Estadual – Nilvo Torres

Memória do Futebol – E.C. Aymoré Bi-campeão Estadual – Nilvo Torres

Quando E.C. Aymoré conquistou o campeonato de amadores da zona centro-sul do Estado em 1974, habilitando-se assim, a disputar o título máximo estadual, pensava-se que o clube tinha atingido seu patamar máximo. Comentava-se, inclusive, que o Aymoré não teria forças para se manter nesta posição vencedora.

Mas seus dirigentes, em especial, o dedicado Presidente Mamed Ismail, queriam mais. Queriam provar que o clube não havia conquistado o título de 1974 por acaso, ou então porfraqueza de seus adversários. Pois sabiam eles que seu grupo de jogadores tinha qualidade e vontade de vencer.

Assim, com muita gana por vitórias, o Índio Caçapavano iniciou o ano esportivo de 1975. No primeiro semestre, o clube venceu o campeonato citadino da 1ª divisão de forma invicta, sagrando-se tri-campeão caçapavano. Este título lhe garantiu a participação no certame estadual de amadores.

No segundo semestre,o tricolor iniciou sua campanha no estadual de amadores, que culminou com a conquista do bi-campeonato de forma brilhante, a exemplo da campanha de 1974.

Dessa forma, o E.C. Aymoré tornou-se Bi-campeão Estadual de Amadores da Zona Centro-Sul, biênio 74/75, garantindo posição entre os quatro melhores times amadores do Rio Grande do Sul.

A foto, cedida pelo amigo Beto Carvalho,mostra a equipe do Aymoré que disputou a final do amador em 1975, no Estádio Macedão.

Em pé – Lino, Zé Araí, Lalala, Jorjão, Caturra, Juca, Sérgio e Cafuné.
Agachados – Ticão, Zé Antônio, Robertinho, Edson Cheuiche, Pelé, Zauri, Alberto (Beto Carvalho) e Pé-queimado.

Nilvo Torres Dorneles
Pesquisador

Sobre o(a) Autor(a)

Curta nossa página

Confira nas Bancas

Publicidade

Publicidade