Select Page

Caçapava Memória – Conjunto “Os quero-Queros” – Fátima Jovane Nunes

Caçapava Memória – Conjunto “Os quero-Queros” – Fátima Jovane Nunes

“Os Quero-Queros”, grupo musical formado por jovens talentos artísticos caçapavanos, iniciou suas atividades em 20 de setembro de 1969, idealizado e criado por Luiz Zélio Konze Machado, que liderava a base do corpo de danças do CTG Sentinela dos Cerros na condição de músico efetivo daquela entidade, por ser grande conhecedor da música tradicionalista. O Conjunto Musical teve sua primeira participação popular no programa da Rádio Caçapava “Rodeio da Sentinela”, então realizado nas dependências daquele CTG e apresentado pelo radialista Antônio Carlos Alves Carvalho. O histórico conjunto de nossa terra marcou época no cenário artístico regional, nacional e internacional levando sempre em sua bagagem instrumental a música nativista do pago.

O Grupo Musical “Os Quero-Queros” iniciou sua trajetória composto por Luiz Zélio Konze Machado (acordeonista e cantor), seu irmão José Konze Machado (violinista e contra-baixista) e Arlindo Rosa (acordeonista). Pouco depois, Arlindo foi substituído pelo guitarrista Luiz Fernando. Em 1975, o conjunto foi alterado e Lauro Branco Vargas passou a fazer parte do grupo. Em 1976, o conjunto gravou o seu primeiro disco através da gravadora Beverli. O CD estampou na sua contra-capa um dos mais importantes pontos turísticos do município, a Pedra do Segredo. No decorrer do tempo, também fizeram parte daquele conjunto os músicos Francisco Fraga (Chico) e Francisco Acidemar Nunes (tio Cida).

Em 20 de outubro de 1980, “Os Quero-Queros” participaram de reunião festiva do Lions Clube Bento Gonçalves, de Porto Alegre, e nesse mesmo ano, junto com a invernada artística do CTG Sentinela dos Cerros, fizeram duas apresentações no rodeio realizado na cidade de Guararapes, Estado de São Paulo. Em 1981, apresentaram-se no Teatro Municipal da cidade de Rivera, no Uruguai. Em 1982 foram contratados pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) para animar os três fandangos oficiais da Semana Farroupilha, realizados nos CTGs Mangueira de Pedra (Viamão), Aldeia dos Anjos (Gravataí) e Ponteiros do Rio Grande (Porto Alegre). O conjunto também animou o primeiro Baile de Debutantes à moda gaúcha realizado no Estado, hoje chamado de Prenda Jovem, que aconteceu no CTG Tropilha Crioula, da cidade de São Borja.

Luiz Zélio Konze Machado, aos 11 anos de idade já fazia alguns arranjos ao violão e no ano de 1962, aos 16 anos, animava festinhas e aniversários como acordeonista, quando criou o conjunto Irmãos Konze, acompanhado de seus irmãos Mírtilo e José Konze Machado. O líder dos Quero-Queros, Zélio Konze, faleceu no dia 6 de dezembro de 1982, aos 36 anos de idade. No entanto, o conjunto continuou a sua jornada com os dois jovens artistas José Konze Machado e Lauro Branco Vargas, que contaram com a parceria de Carlinhos Fidêncio Delgado. Mais tarde, com o falecimento de José e a substituição de Carlinhos, passaram a fazer parte do grupo Laurindo Rodrigues e Francisco Vivian. Atualmente o grupo chama-se “Lauro Vargas e os Quero- Queros” e está integrado por Lauro Vargas, Laurindo Rodrigues e Francisco Vivian. Ao completar em 2019 “50 Anos” de atividades, “Os Quero-Queros” continuam animando fandangos, bailes, festas e sonorização de eventos.

Esta é a síntese histórica do grupo de conterrâneos que sempre fará parte da memória musical e artística da nossa Caçapava do Sul.

Sobre o(a) Autor(a)

Previsão do Tempo

TV Gazeta – Mil Edições