Darlete (1ª da direita)  faleceu no dia 20 de dezembro de 2013, aos 49 anos de idade

 

O “Enxovalzinho do Bebê” do Lions Clube de Caçapava do Sul teve início no ano de 2006, tendo por local a residência da senhora Marlene Teixeira Machado, localizada à Rua General Neto. A partir daquela data, domadoras e companheiras do clube de serviço, e voluntárias da comunidade começaram um trabalho social em prol dos recém-nascidos carentes de nossa cidade, sob a coordenação da domadora Darlete Lena.

O grupo reunia-se uma vez por semana para confeccionar roupas e cobertas para os bebês. Recebia doações da comunidade e, em especial, do Artesanato às margens da BR 290, na Vila Progresso, que doava sobras de lã que serviam para a confecção dos acolchoadinhos. Mais tarde o trabalho do Enxovalzinho do Bebê passou a ser realizado na residência de Darlete Lena, à Rua Francisco Osório Torres, contando com um número maior de voluntárias, companheiras e domadoras, e lá permaneceu até o final ano de 2013.

Com o falecimento da coordenadora Darlete, o trabalho passou a ser executado na residência da companheira Hilda Mota da Silveira, localizada à Rua Benjamin Constant, esquina com a Rua Silva Jardim. O Lions Clube, quando presidido por Leoni Werlang de Moura, em dia 19 de maio de 2014 denominou o grupo de trabalho de “Enxovalzinho do Bebê Darlete Lena”, homenageando “in memoriam” aquela que foi extremamente dedicada à causa social, através de seu trabalho incansável e que destinou espaço da sua própria moradia apor vários anos com o objetivo único de servir aos mais necessitados.

Na ocasião, foi descerrada uma placa com a fotografia de Darlete e inaugurado um brechó beneficente que fica aberto ao público todas as terças-feiras. A arrecadação obtida com a comercialização de produtos é destinada à compra de material para a confecção de roupinhas e agasalhos (kits) que são distribuídos aos bebês carentes através do Hospital de Caridade ou pelo próprio clube, numa média de 15 unidades por mês.

Darlete Catarina de Siqueira Lena nasceu em 24 de dezembro de 1964, na cidade de Alegrete, filha de Flodoardo Soares de Siqueira e Decleci Rosa de Siqueira. Formada em Administração pela Faculdade Fundação Educacional de Alegrete, foi casada com Antônio Pedro Gindri Lena com quem teve as filhas Caroline e Bárbara. Fez parte do quadro social do Lions Clube nas cidades de Alegrete e Caçapava do Sul.

Mulher forte e guerreira, de bem com a vida até os últimos dias de sua enfermidade, sempre teve fé e esperança. Foi exemplo de solidariedade para com os menos favorecidos, amiga e companheira do grupo que a rodeava.

Fátima Jovane Nunes
Pesquisadora