Muhamad Odeh Ismail Jadallah, o Mamede Ismail como era mais conhecido, nasceu no dia 09 de janeiro de 1936 na cidade de Allubab, na Transjordânia – Palestina, filho de Odeh Ismail Jadallan e Aeisha Mammud Hanun. Entre suas atividades aqui no Brasil, foi viajante, comerciante, esportista, integrante da diretoria do Grêmio Esportivo Bagé, presidente do Aymoré Esporte Clube de Caçapava do Sul e Cônsul do Grêmio no município.

Mamede Ismail chegou ao país em 1955, indo direto para a cidade de Santa Maria, onde iniciou seu trabalho no ramo do comércio como vendedor autônomo. Em 1956, veio para Caçapava do Sul e instalou-se como comerciante na condição de proprietário da Casa Egito, localizada à Rua XV de Novembro. No período de 1962 a 1968, Mamede residiu na cidade de Bagé.

Em maio de 1970, Mamede Ismail retornou para este município. No ano seguinte, mais precisamente no dia 10 de julho de 1971, casou com Maria da Graça Ismail, natural de Santiago. Do matrimônio, nasceram os filhos Soraya, Samya e Samyr. São seus descendentes ainda as netas Ana Alice, Celeste e Bibiana.

De volta a Caçapava do Sul, abriu a loja “A Cinderela”, nome inspirado no quadro “Boa Noite Cinderela” exibido à época pelo Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) e apresentado por Sílvio Santos. A nova casa comercial do ramo de confecções inicialmente teve lugar à Rua Sete de Setembro. No ano seguinte, passou a funcionar na Rua XV de Novembro, ali permanecendo por mais de três décadas. Atualmente encontra-se à Rua Benjamin Constant, sob a direção da proprietária Maria da Graça Ismail.

No ano de 1974, Mamede Ismail adquiriu a cidadania brasileira. Alguns anos depois, ao retornar de viagem aos países árabes, declarou: “prefiro continuar aqui, pois o Brasil é um paraíso, é o melhor país do mundo.”

Mamede Ismail era um apaixonado por futebol, tendo sido presidente do Aymoré Esporte Clube, pelo qual sagrou-se onze vezes Campeão da Cidade e Tricampeão Estadual de Amadores em 1974, 1975 e 1976; cônsul do Grêmio Porto alegrense de 1959 a 1980, tornando-se Cônsul Honorário daquele clube; e participou da diretoria do Grêmio Esportivo Bagé. Na área política, concorreu a vereador pela Aliança Renovadora Nacional (ARENA).

Como reconhecimento aos serviços prestados à comunidade caçapavana, Mamede Ismail recebeu duas vezes o título de “Cidadão Honorário”, concedidos pela Rádio Caçapava em 1981, e pela Câmara de Vereadores em 1985, através de proposição do então vereador Ibrantino Ferreira, conforme de Decreto legislativo nº 004/83. Na oportunidade, afirmou considerar-se um caçapavano autêntico por estar completamente integrado à sociedade desta terra.

No dia 22 de março de 2006, a sede da Torcida Alma Farrapa Tricolor recebeu seu nome numa homenagem de sua direção e dos torcedores do Grêmio de Caçapava do Sul, pela sua dedicação junto ao esporte e identificação com o tricolor de Porto Alegre.

Muhamad Odeh Ismail Jadallah faleceu no dia 01 de setembro de 2000, aos 64 anos de idade.


Fátima Jovane Nunes

Pesquisadora