José Antônio Chaves Dias foi funcionário público estadual, chefe de gabinete, secretário de Município, radialista, locutor, vereador, presidente do Poder Legislativo de 1987 a 1988. Pertenceu ao Partido Social Democrático (PSD), Aliança Renovadora Nacional (ARENA) e Partido Democrático Social (PDS). Seu nome denomina Rua localizada nesta cidade, lado norte, setor 11, Bairro Floresta, logradouro 232, diagonal com a Rua Dagoberto Barcellos, conforme Lei Municipal nº 1.236, de 15 de maio de 2001.

José Antônio Chaves Dias nasceu no dia 09 de setembro de 1938 na localidade de Seival, neste município, filho de Dário Anunciação Dias e Maurília Chaves Dias. Casou-se no ano de 1964, com Altair Santos Dias (Lenita) de cuja união nasceram os  filhos José Junior, Èder Wilson, Cássia Licimar e Rodrigo. De um relacionamento posterior teve a filha Naira Maurieli.

 José Dias foi radialista, iniciando seu trabalho de locução na Rádio Caçapava ao lado dos comunicadores Breno Osório Pereira e Betinho Cunha, onde dedicou-se exclusivamente à locução esportiva. Era filiado à Associação dos Cronistas Esportivos Gaúchos (ACEG). Em 1970, foi convidado para ser locutor de esportes da Rádio Guaíba de Porto Alegre, mas não aceitou, preferindo cuidar de sua família e de sua mãe, que era viúva. Em 38 anos de rádio, acompanhou o tri-campeonato da Zona Centro Sul de Amadores, conquistado pelo Aymoré Esporte Clube, entre 1974 e 1976, bem como a trajetória da então Primeira Divisão com os times do Caçapava, Gaúcho, Floriano e Minerador. José Dias era torcedor do Sport Club Internacional de Porto Alegre.

Na vida política, José Dias iniciou sua participação muito cedo, com apenas 09 anos de idade, na campanha vitoriosa à Prefeito de Caçapava do médico Rubens da Rosa Guedes. Ele era o menino que abria as porteiras nas visitas às propriedades do interior. Quando adulto, filiou-se ao antigo PSD, após à ARENA e posteriormente ao  PDS, partido pelo qual elegeu-se Vereador em 1982 e 1988 e foi suplente em 1992. Também foi Secretário de Município no governo do prefeito Roberto Antônio Machado e Chefe de Gabinete do então vice-prefeito Airton Krause.

José Dias presidiu a sessão solene da Câmara de Vereadores que selou a amizade entre os municípios de Caçapava do Sul e Caçapava de São Paulo. Em sua gestão à frente do Poder Legislativo recebeu, durante sessão ordinária, a maquete da futura sede da Associação Caçapavana da Indústria e Comércio (ACIC), entregue pelo empresário João Ernesto Barcelos. Participou da comissão de vereadores que reivindicou, junto ao Ministério da Previdência, a permuta pelo Município, para acerto de contas, do terreno onde foi construído o atual prédio da agência local do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Ainda como presidente deu início às obras da sede da Câmara de Vereadores, cuja construção contou a colaboração das indústrias de calcário.

 José Dias também trabalhou por 19 anos no Posto de Saúde instalado no centro da cidade e mais tarde na Avenida Barão do Cerro Formoso, atual ESF II.

Em Caçapava do Sul, além da rua mencionada, José Dias também foi homenageado com a denominação do Ginásio Esportivo do Núcleo Habitacional Vereador João Manoel de Oliveira (PROMORAR).

 José Antônio Chaves Dias faleceu em Porto Alegre no dia 1º de março de 1998, aos 59 anos de idade.

 

Fátima Jovane Nunes
Pesquisadora