Select Page

Caçapava Memória – Vereadoras de Caçapava – Márcia Gervásio de Freitas

Caçapava Memória – Vereadoras de Caçapava – Márcia Gervásio de Freitas

Eleita vereadora pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), está no exercício do mandato 2017/2020.
Márcia Berenice Gervásio de Freitas nasceu no dia 10 de julho de 1968, filha de Felisberto Cunha de Freitas e Sônia Maria Gervásio de Freitas. Ela é casada com o agrônomo Marcelo Rodrigues de Freitas.

Márcia é Bibliotecária formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e empresária com atuação nos ramos de cafeteria e loja de comercialização de ração. Foi Diretora Geral da ONG Clube do Cão por dois mandatos e é protetora atuante na causa animal há mais de 20 anos.

Na Câmara de Vereadores, é autora da inclusão do Bem Estar Animal e Meio Ambiente em Comissão Permanente; da Semana Municipal de Proteção Animal e Posse Responsável; alteração da Lei Municipal nº 3383/14, da Posse e Guarda responsável, dando ênfase aos maus tratos, a proteção aos animais comunitários, a doação responsável e a educação nas escolas; e de projeto que conscientiza e proíbe a venda e compra do veneno chumbinho nas agropecuárias e similares, bem como de outros venenos ilegais.

Neste mês, a vereadora Márcia iniciou um ciclo de palestras nas escolas do município sobre proteção e posse responsável dos animais, o qual se estenderá até o mês de outubro.

Em reconhecimento ao seu trabalho, Márcia foi agraciada neste ano de 2017 com o troféu Mulheres Brilhantes, nas categorias Política Destaque e Protetora dos Animais, em evento promovido pela Rádio Caçapava.

– Minha luta é pela implantação de políticas públicas efetivas e adequadas para a Proteção e Defesa dos Animais. A rede de proteção animal deve se expandir e é preciso que, cada vez, mais pessoas estejam envolvidas com a causa ou respeitando-a plenamente, enfatiza a vereadora.

Nota da Coluna: Encerramos, nesta edição, o quadro relativo às “Vereadoras de Caçapava”, quando destacamos a participação de 10 mulheres no Legislativo Caçapavano, com atuação no período de 1952 a 2017. Esperamos que no próximo pleito, em 2020, tenhamos mais mulheres participando da política em nossa cidade.

Fátima Jovane Nunes
Pesquisadora

Sobre o(a) Autor(a)

Já nas bancas

Curta nossa página

Publicidade

Publicidade