Selecione a página

Caçapava 100 anos atrás

Caçapava 100 anos atrás

O principal jornal farroupilha foi O Povo, que surgiu em 1º de setembro de 1838, na cidade de Piratini. O periódico era publicado duas vezes na semana, nas quartas-feiras e aos sábados, e se autodenomina “Jornal Político, Litterario e Ministerial da Republica Rio-Grandense”.

O Povo era redigido pelo jornalista Luigi Rossetti e tinha a colaboração de Domingos José de Almeida, o Ministro da Fazenda e do Interior da República. Em Piratini, o jornal era produzido na casa de Giusseppe Garibaldi, que também era a sua sede na primeira Capital Farroupilha.

O jornal tinha um viés político extremamente explícito e abordava a guerra civil, sustentando que quem lutasse nela estava promovendo um ato heroico. Em fevereiro de 1839, com a mudança da Capital Farroupilha para Caçapava, o periódico passou a ser impresso na Casa dos Ministérios – o Casarão Ulhoa Cintra – nas esquinas das atuais ruas Borges de Medeiros e Sete de Setembro. É quando o jornal passa a ter a frase “Liberdade, Igualdade e Humanidade” logo abaixo do seu nome, no cabeçalho da primeira página. Em 22 de maio de 1840, foi publicada a última edição do jornal, a de número 160.

Transcreveremos hoje a coluna Partes Officiaes, do primeiro jornal O Povo impresso em Caçapava, na madrugada de 06 de março de 1839. Foi uma carta de despedida, escrita durante a retirada de Piratini, onde o Secretário de Estado dos Negócios do Interior, Domingos José de Almeida, agradece ao povo da cidade a acolhida.

O texto foi transcrito mantendo sua grafia original.

O documento abaixo se encontra salvaguardado no Arquivo Histórico Municipal Nicolau Silveira Abrão, na encadernação do Jornal O Povo, na página 187.

 

PARTES OFFICIAES

 

Illustrissimos Senhores. – Ao partir desta Cidade para o lugar que os interesses do Estado, e o emprego que occupo violentamente me chamaó, eu faltaria a hum dos meus mais sagrados deveres se me naó despedisse dos distinctos Membros desta Patriotica Camara, e lhe naó agradecesse valioza cooperaçaó, que constantemente me haó prestado, para o desempenho da parte da Administraçaó da Republica que me foi confiada. Acceitei, pois, distinctos Cidadaós, minhas despedidas, e meus mais sinceros agradecimentos pela cooperaçaó que me prestasteis: vossas virtudes civicas vaó gravadas em minha memoria. Deos vos Guarde Cidadaós Vereadores. Secretaria d’Estado dos Negocios do Interior em Piratini 7 de Fevereiro de 1839. – Domingos José de Almeida. – Aos Cidadaós Presidente e mais Vereadores da Camara Municipal desta Cidade.

Sobre o autor

Publicidade

Ouça nosso Podcast

TV Gazeta – Vídeos

Previsão do Tempo

Publicidade

Publicidade

RESULTADOS

Signos

Publicidade

Publicidade