Selecione a página

Batismo de Jesus

Batismo de Jesus

Na edição deste jornal, datada do dia 23 de dezembro de 2021, procuramos refletir a respeito do Nascimento de Jesus. Hoje, ou melhor, neste artigo, queremos meditar o seguimento da História da Salvação, que está por detrás destes acontecimentos. Quero levar o público leitor a refletir um pouco mais a respeito deste que veio ao mundo para nos ensinar o caminho que leva ao Pai.

Muito bem. Primeiro: para entendermos a celebração do Batismo de Jesus, é preciso lembrar que festejamos, por um lado, o batismo de Jesus e, por outro, o encerramento do Tempo do Natal, isso porque já passamos pelas celebrações solenes da Festa da Mãe de Deus, Ela que gera a humanidade do próprio Filho de Deus para que a humanidade toda receba a filiação divina, e da Festa da Epifania, festa da manifestação de Jesus como a luz que brilha para todas as nações.

Segundo: lembrar que, ao ser batizado nas águas do Rio Jordão, Jesus se faz solidário com os pecadores e dá início à sua vida pública.

O batismo de Jesus é um momento decisivo, um momento muito importante na sua missão e no seu caminho. Na liturgia deste final de semana, o profeta Isaías diz que temos que ter força e perseverança nos desafios da vida. E o batismo é que nos vai fortalecer para sermos coerentes na caminhada da vida. Pelo batismo, nos tornamos filhos e filhas de Deus, discípulos missionários da Boa Nova do Evangelho.

Agora, porque somos filhos de Deus, isso nos leva a uma consequência, isto é: somos todos irmãos, pense nisso. Isso implica em nossa vida de uma maneira muito forte, porque os irmãos não podem ser “escolhidos”. Todos somos irmãos.

Sobre o autor

Publicidade

Ouça nosso Podcast

TV Gazeta – Vídeos

Previsão do Tempo

Publicidade

Publicidade

RESULTADOS

Signos

Publicidade

Publicidade