Como falamos anteriormente, as cores estão diretamente ligadas àquilo que você pretende transmitir. Isso não significa dizer que esteja insatisfeito com a imagem projetada, nem mesmo com a imagem percebida, que podem estar em perfeita harmonia. Transmitir uma imagem fala daquilo que você quer dizer e nem pronuncia.

Mesmo que esteja ligeiramente despreocupado com isso, dá pra garantir que você tem uma imagem, seja ela adequada ou não aos padrões desejados por você ou pela sociedade. Adequar-se aos “tons” que você ou a sociedade lhe dão é um ato que depende de um trabalho intuitivo, profissional, realizado por um consultor de imagem em parceria com você, que expressa seu estilo de viver, e abre-se à inovação.

As cores entram na harmonização das relações para expressar o que se deseja, e apagar aquilo que substancialmente te frustra. O consultor de imagem seleciona, através do método sazonal, numa seletiva entre intensidade, profundidade e temperatura de cores, aquelas que melhor se adaptam ao cliente. Após essa determinação, você terá uma incrível surpresa diante dos efeitos que uma cor adequada, num primeiro momento rejeitada, pode causar diante do espelho.

Pessoas com tons de pele mais rosados tendem a cair para tons mais frios, e pessoas com tons de pele mais dourados tendem a tons mais quentes. Na próxima semana, falaremos sobre ousadia: a possibilidade de vestir um ou mais estilos.