Selecione a página

Iluminação Pública/Energia Elétrica

Iluminação Pública/Energia Elétrica

A iluminação pública em Caçapava teria começado em 1º de fevereiro de 1889, com a inauguração de 50 lampiões à querosene. Posteriormente, sofreu uma grande evolução, passando a usar álcool no lugar do querosene.

No início do século XX, foi criada uma usina termelétrica a carvão que teve pouca duração. Junto à usina, havia um moinho, que incendiou devido a essa proximidade. Posteriormente, foi firmado um contrato com uma companhia para fornecimento de iluminação pública e particular, como se pode ver no documento transcrito a seguir.

 

Ilmo. Sr. Intendente do Municipio de Caçapava. A Empreza Armando Cia. Concenssionaria do previlegio da illuminação electrica publica e particular desta cidade, vem perante v.s. expôr o seguinte: Que por contrato publico lavado em notas em 26 de setembro 1911, ficaram estipulados todas as clausulas e condições, mediantes as quais os supplicantes eram obrigados a fornecer illuminação publica e particular desta cidade; E que este contrato tem sido comprido pelos supplicantes até a presente data, mas que tendo augmentado consideravelmente a população urbana desta cidade tornou-se impossivel o fornecimento da energia electrica solicitada em todo o perimetro urbano pela insufficiencia das machinas instaladas em 1912, quando não se previa intão consideravel augmento; E assim que para os supplicantes continuarem a comprir o contracto fornecendo a luz necessaria a população precisam de adquirir uma instalaçao completamente nova e de muita maior força; entretanto que as machinas para esta installaçao bem como todas as demais despesas necessarias para a completa transformação tanto da usina como da rede dados os preços actuais e exagerados pela guerra europeia atingira a cerca de setecentos contos de réis accresendo que o emprego deste capital, em época de crise como a quem atravessamos, representa um enorme sacrifio para os peticionario; Por isso que para atender esse sacrifio precisam os supplicantes fazer um insignificante alteração no contracto que tem nesta Intendencia, constando a citada alteração o seguinte:

A- Tabela de preços das lampadas sem contador

Preço mensal actual: Preço pedido

1 lampada de 10 velas 3$00 1 lampada de 10 velas 4$00, 2-7$00

1 lampada de 16 velas 4$00 1 lampada de 16 velas 5$00, 2-9$00

1 lampada de 25 velas 6$00 1 lampada de 25 velas 7$00, 2-12$00

1 lampada de 32 velas 7$00 1 lampada de 32 velas 8$00, 2-14$00

 

Seguimos falando sobre iluminação pública na semana que vem.

 

*Grafia original. Informações obtidas do Livro de Actas de Consellho Municipal de Caçapava, que reúne documentos de 1909 a 1925.

Sobre o autor

Publicidade

Ouça nosso Podcast

TV Gazeta – Vídeos

Previsão do Tempo

Publicidade

Publicidade

RESULTADOS

Signos

Publicidade

Publicidade