Select Page

Corpo de Bombeiros não vai fechar, garante adjunto do Estado Maior

Corpo de Bombeiros não vai fechar, garante adjunto do Estado Maior

O prefeito Giovani Amestoy se reuniu na quinta-feira, dia 11, com Paulo Henrique Monteiro de Oliveira, adjunto de Efetivo do Estado Maior do Comando do Corpo de Bombeiros, em Porto Alegre.

O motivo da reunião foi solicitar apoio à corporação caçapavana que está com baixa efetividade e melhorias ao Corpo de Bombeiros do Município. Giovani entregou à Oliveira um ofício contendo nomes de Bombeiros que querem transferência para Caçapava e pediu para que o posto de atendimento não seja fechado.

Paulo Henrique Monteiro de Oliveira e Giovani Amestoy

“Nós estamos com dificuldades de efetivo e, devido ao Projeto de Lei que tramita no Legislativo, de separação do Corpo de Bombeiros e Brigada Militar, não temos ainda previsão de mais concursos, mas podemos lhe assegurar que o fechamento da corporação em Caçapava não é pauta, logo não ocorrerá”, falou Oliveira.

O adjunto de Efetivo do Estado maior informou que existem aproximadamente 1.900 soldados na corporação e que mais de 50 pediram aposentadoria somente neste ano por conta das mudanças que estão ocorrendo na aposentadoria e, devido a isso, os Bombeiros estão com baixa efetividade.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

Sobre o(a) Autor(a)

Já nas bancas

Curta nossa página

Publicidade

Publicidade