A vida tem disto: claros e escuros, dias felizes e outros não. Pois este mês de abril teve mais comemorações do que tristezas.

A festa pelos 100 anos da DB foi um espetáculo “hollywoodiano”. A família Barcellos não mediu esforços para celebrar sua história, relembrar a figura de Dagoberto Barcellos, o visionário fundador desta indústria de calcáreo de destaque nacional; e para receber os convidados da maneira mais elegante e prazerosa possível. Também homenageou seus seguidores, filhos, netos e bisnetos da família que continuaram esta obra. Em especial, o filho João Ernesto que seguiu os passos do pai e, no decorrer do tempo, introduziu novas técnicas de produção e gerenciamento que aprimoraram esta valorosa empresa em qualidade e expansão.

Outro acontecimento tocante foi a celebração dos 60 anos de casamento do querido casal Carlos e Lourdes Cassel. Seus filhos Dr. Jacques e Carla, com as netas Clara e Mayra , receberam para almoço no Rodeio os amigos mais chegados de seus pais, num ambiente carinhoso e descontraído que relembrou de maneira divertida a história da família.

Foi também tocante o jantar em benefício ao abrigo Bem-Me-Quer que a profª Otiles organizou pela passagem de seu aniversário, em parceria com o restaurante Center. Ela, que perdeu sua única filha e mais recentemente o marido amado, agora encontrou conforto em auxiliar essas crianças que perderam seus lares por abandono ou orfandade. Ali compareceram pessoas que por meio dela conheceram a história desse lar e se solidarizaram com a causa.
Por ocasião do Natal, a Igreja lançou a campanha do presente a esses órfãos, e me coube por sorteio uma menina de pouco mais de um ano de idade. Além de artigos úteis, como vestuário e outros itens, pensei em dar-lhe – e dei – uma boneca. Talvez tenha sido a primeira de sua vida, que até agora não teve ensejo de festejar seu próprio aniversário.

Enquanto isso, minha netinha vibrava planejando a festinha de seus 4 anos de idade. Dessa vez, não ia assistir passivamente. Foi ela que determinou o tipo de comemoração e que os convidados seriam os coleguinhas da Escola que frequenta. Nada de almoços com pessoas adultas da família e uma que outra criança como foi nos anos anteriores. Deu para ver como amadureceu!…

Ontem recebi as primeiras fotos da festa. Ela vestida de princesa, a Elsa da Frozen, e os coleguinhas também fantasiados. Não faltaram balões, palhaços, brincadeiras, uma sacolinha cheia de brindes para cada um levar para casa, e as crianças felizes correndo e pulando, até gastarem suas “pilhas.” Parabéns à minha nora Letícia, que programou e fez a festa acontecer. E ao meu filho Rubens que deu todo o apoio e colaboração.

Deixei para o fim o evento Mulheres de Ouro, que reuniu num belo jantar-baile no Clube do Comércio em São Sepé as mulheres eleitas das duas cidades para receberem o troféu. A festa foi impecável, desde o acolhimento, a organização, a ornamentação, o cardápio, a postura dos organizadores, a música… Uma comemoração inesquecível.
Aos meus leitores e demais pessoas que votaram em mim, só posso agradecer, do fundo do coração. Foi um presente inesperado e gentil. Recebam meu abraço.

Foi muito gostoso!


Anna Zoé Cavalheiro

Escritora