Um empresário foi vítima de mais um caso de roubo em Caçapava do Sul. O crime ocorreu na madrugada de domingo, dia 19.

O comerciante chegou em casa por volta de 1h, quando entrou na cozinha foi surpreendido por três assaltantes, que começaram a espancá-los exigindo dinheiro.
Ele pediu que paresse de agredi-lo que ele daria o valor que tinha.

Logo em seguida, repassou a quantia que tinha na carteira aos ladrões que ainda levaram o celular e as chaves do carro e da loja.


Segundo um funcionário, os ladrões permaneceram no estabelecimento por cerca de 1h e tiveram tempo de escolher até a numeração de calças e diversas roupas e bonés. As câmeras de segurança registraram a ação dos bandidos.


– O empresário contou que era um homem e dois menores. Disseram que estavam vigiando e que chamaram um cara de fora da cidade para ajudar a fazer o “serviço” – revelou o funcionário, que solicitou que o nome da vítima e endereço onde ocorreu o crime fosse omitido por questão de segurança.


A vítima foi socorrida pelo Samu e encaminhada ao Pronto Atendimento Municipal. Após foi internada no Hospital Victor Lang, onde passou por exames. Ele deve ter alta na terça-feira.


O funcionário contou ainda, que foi avisado por um vizinho da vítima na manhã de domingo.


– Entrei em contato com a Brigada Militar e Polícia Civil e os dois órgãos disseram que não podiam fazer nada. A BM por falta de efetivo e a Civil porque estariam em greve, devido ao parcelamento dos salários.

NOTA DA REDAÇÃO
A Polícia Civil não está em greve. A polícia suspendeu o Plantão de Atendimento 24h e o registro da ocorrência, devido ao horário, não se enquadraria nos quesitos para atendimento publicados no Diário Oficial do Estado.

NOTÍCIA RELACIONADA
Polícia Civil suspende Plantão de Atendimento 24h