Select Page

Evento que valoriza a geodiversidade reúne famílias, produtores locais e escolas

Evento que valoriza a geodiversidade reúne famílias, produtores locais e escolas

A 4ª edição do Geo.dia, que ocorre dia 24 de novembro na cidade de Caçapava do Sul tem como premissa a valorização e divulgação da geodiversidade e do patrimônio natural da cidade sede do evento junto à comunidade local.

Caçapava do Sul é uma cidade que, de acordo com André Borba e Jaciele Sell, ambos da organização do Geo.dia, “se constitui como uma verdadeira sala de aula ao ar livre para as geociências e todas as ciências da natureza” e, portanto, a realização do Geo.dia neste local busca construir um futuro para o município, com base na sustentabilidade, no conhecimento, no turismo de base e na valorização de suas produções.

As atividades planejadas para este evento buscam integrar toda a sociedade, desde as crianças, os agricultores e artesãos locais, a comunidade escolar e turistas. Em sua programação, o Geo.dia conta com exposições que valorizam a geodiversidade do município, brincadeiras e excursões aos geomonumentos Guaritas, a Pedra do Segredo e Minas do Camaquã. Além de buscar a integração da comunidade local a partir da sua programação dinâmica, o Geo.dia pretende estimular a parceria das instituições federais de ensino superior envolvidas como a UFSM, Unipampa, e UFPel, e de iniciativa privada, como a Unisinos, além das secretarias municipais de educação e cultura/turismo.

Nas edições anteriores, o Geo.dia reuniu um público de aproximadamente 500 pessoas. Desde a 3ª edição, o evento recebeu a participação da feira Agrisabores e de diversas artesãs e artesãos, o que contribuiu para que mais visitantes e moradores de Caçapava do Sul passassem pelo evento.

O crescimento do Geo.dia e também o seu reconhecimento por parte da sociedade motiva a organização a transformá-lo em um evento anual a ser fixado no calendário de eventos do município de Caçapava do Sul, visto que o mesmo já é considerado dia letivo para as escolas da rede municipal. Também se espera que este evento se consolide pioneiro na educação geopatrimonial no estado do Rio Grande do Sul. Para André, “o Geo.dia faz parte de uma estratégia mais ampla, que envolve a educação, o turismo e a conservação da natureza”. O evento também busca a visibilidade dos grupos envolvidos, como o grupo de pesquisa PANGEA, o Centro de Ciências Naturais e Exatas (CCNE) e a Pró-Reitoria de Extensão (PRE).

Serviço
Evento: GEO.DIA 2018
Data: 24 de novembro de 2018, sábado (9h às 18h)
Local: Praça Rubens da Rosa Guedes (Praça da Matriz),
Caçapava do Sul – RS

Atividades programadas
Feira das artesãs e artesãos;
Caça aos fósseis;
Caminhada pelo Centro Histórico;
Parede de escalada;
Visitação à Minas do Camaquã;
Visitação às Guaritas;
Trilha até a Pedra do segredo.
Exposição de fotos em 3D;
Feira dos produtores locais;
Música na praça;
Oficina de Cactos.

Mais informações:
André W. Borba
Depto. Geociências UFSM
Coordenador do Geo.dia.
Tel. (55) 9.9701-9990
E-mail: awborba.geo@gmail.com

Sobre o(a) Autor(a)

Previsão do Tempo

TV Gazeta – Mil Edições