Nas 71 edições, mais de 4,8 milhões de veículos foram fiscalizados
Foto: Divulgação Brigada Militar 

Polícia Rodoviária Federal, Brigada Militar e Comando Rodoviário da BM estão mobilizados para a 72ª edição da Viagem Segura. A operação de Tiradentes, que se estende por quatro dias, tem início à zero hora desta quinta-feira (20) e se estende até a meia-noite de domingo (23).

Analisando os acidentes no período de 2007 a 2016, o Detran identificou que Tiradentes tem uma média de 6,6 vítimas fatais/dia, pouco mais que a média geral dos 15 feriados e datas comemorativas em que vem ocorrendo a operação (6,5 mortes/dia). No ano passado, foram 31 mortes em cinco dias de operação, considerando as pessoas que morreram até 30 dias após o acidente.

Quanto aos locais em que ocorreram as mortes, destacam-se os municípios de Porto Alegre (11), seguido por Caxias do Sul (oito) e Rio Grande, Lagoa Vermelha e Passo Fundo (seis cada um). Somente as rodovias federais BR 116, BR 392 e BR 285 respondem por 28% das mortes ocorridas no período.

A análise identifica informações estratégicas que permitem o emprego mais eficaz dos efetivos de policiamento e fiscalização de trânsito, bem como ações educativas preventivas.

Nas 71 edições até agora efetuadas, mais de 4,8 milhões de veículos foram fiscalizados. O resultado foi a autuação de 795,6 mil infrações, o recolhimento de mais de 76,8 mil veículos e 20,7 mil Carteiras Nacionais de Habilitação. Foram aplicados 157,5 mil testes de etilômetro, que registraram 14,3 mil infrações por alcoolemia, além das 1.242 autuações por recusa.

Com informações do Detran RS