Select Page

Filósofo que passou infância em Caçapava avalia situação econômica do RS

Filósofo que passou infância em Caçapava avalia situação econômica do RS

Filósofo e professor universitário João Carlos Brum Torres (PMDB)
(Foto: Reprodução/Jonathan Heckler/JC)

Em entrevista concedida a jornalista Bruna Suptitz, do Jornal do Comérico, de Porto Alegre.  o filósofo e professor universitário João Carlos Brum Torres (PMDB) disse que a renegociação da dívida que o Rio Grande do Sul tem com a União, por meio do Regime de Recuperação Fiscal proposto pelo governo federal, não é interessante a longo prazo.

Secretário do Planejamento no governo de Antonio Britto (PMDB, 1995-1998), ele pondera que a adesão ao regime proposto na época “se justificava, porque tínhamos uma dívida totalmente fora de controle”.

CLIQUE AQUI E CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA

QUEM É ELE
João Carlos Brum Torres tem 71 anos e é natural de Porto Alegre. Passou a adolescência em Caçapava do Sul e depois voltou à Capital, onde cursou Direito e Filosofia na Ufrgs e lecionou como professor-assistente, a convite de Gerd Borheim, na Faculdade de Filosofia. Com o AI-5, foi expurgado da Ufrgs. Rumou à França, onde fez mestrado em Filosofia na Universidade Paris VIII – Vincennes.

Em 1974, retornou ao Brasil. Deu aulas em colégios, foi assessor na Assembleia Legislativa e fez doutorado em Ciência Política na USP até voltar à Ufrgs, em 1979. Filiado ao MDB, hoje PMDB, desde a década de 1970, nunca concorreu, mas fez os planos de governo de Antonio Britto (PMDB), em 1994 e 1998, e de Germano Rigotto (PMDB), em 2002, sendo secretário do Planejamento nessas duas gestões. Também preparou o documento de referência do governo José Ivo Sartori (PMDB). Antes, trabalhou como diretor do Badesul, na gestão de Pedro Simon (PMDB).

Segundo o Jornal do Comércio, na Capital, foi secretário de Captação de Recursos, em 1993 e 1994, no governo Tarso Genro (PT). Aposentado na Ufrgs, hoje coordena um curso de pós-graduação em Filosofia na UCS.

Sobre o(a) Autor(a)

Ganhadores do Mérito

Já nas bancas

Curta nossa página

Publicidade

Publicidade