Select Page

Flávia não descansou até encontrar o dono da carteira

Flávia não descansou até encontrar o dono da carteira

Na tarde de segunda-feira, 1º de maio, a recepcionista do Hospital de Caridade Victor Lang, Flávia Veber de Rosso estava chegando em casa com a família na Avenida Presidente Kennedy, após viagem à Gramado, quando encontrou uma carteira com uma boa quantia em dinheiro, cartões de crédito e uma passagem aérea para Brasília.

A história só veio à tona agora, porque um amigo de Jairo, o dono da carteira, procurou a Gazeta para colocar um agradecimento e ressaltar a honestidade da caçapavana. Jairo esteve na cidade para uma festa de casamento na Churrascaria Rodeio.

– Encontrei quando fui dar comida aos cães no pátio. Logo em seguida liguei para Brigada Militar para saber se tinha algum registro, disseram que não havia. Então liguei para minha mãe e perguntei se ela tinha ouvida algum comunicado de perda na Rádio Caçapava e ela disse que sim. Liguei para rádio e peguei o telefone de contato do rapaz que havia perdido. Não é que ele morava perto de casa, então fui até lá – explicou Flávia.

Segundo ela, o dono da carteira perguntou se ela queria uma gratificação e ele insistiu devido a importância dos documentos e a passagem que garantia sua volta para trabalhar na capital Federal.

– Eu não quis nada. O que não é meu, não é. Aprendi isto com minha mãe e passei o ensinamento aos meus filhos. O fato de fazer um boa ação é gratificante. O agradecimento e o reconhecimento dele por minha honestidade vale mais do que dinheiro. Isto que é gratificante – ressalta.

Por Marcelo Marques / Gazeta de Caçapava

Sobre o(a) Autor(a)

Já nas bancas

Curta nossa página

Publicidade

Publicidade