Select Page

Galeria dos prefeitos – João Faria de Oliveira Lima – Fátima Jovane Nunes

Galeria dos prefeitos – João Faria de Oliveira Lima – Fátima Jovane Nunes

João Faria de Oliveira Lima foi eleito Intendente de Caçapava do Sul de 1929 a 1933 e nomeado Prefeito pelo Governo do Estado de 1939 a 1945 e de 1946 a 1947. João Faria de Oliveira Lima foi o último Intendente a exercer o cargo com essa denominação que, em 1930, passou a chamar-se de Prefeito. Pertenceu ao Partido Libertador.

João Faria de Oliveira Lima nasceu em 14 de abril de 1886, na cidade de Santana do Livramento, filho do capitão do exército João Faria Lima. Casado com Lucila Lesegneur Lima, são os pais adotivos de Celestino Granato Goulart, Terezinha Fleck, Ada Goulart e Vitor Fleck.

Formado em odontologia, João Faria montou seu gabinete profissional em Caçapava do Sul, tendo como local as dependências do Hotel do Comércio, então localizado à rua XV de Novembro, endereço que hoje é ocupado pelas Lojas Pompéia. Foi funcionário da Secretaria da Saúde, onde se aposentou. Também trabalhou no interior do município atendendo como dentista em algumas residências da época, como as de Favorino Dias e Pedro Chaves da Paixão. Em agosto de 1933, quando foi solidário com a Revolução Constitucionalista de São Paulo, acabou destituído do cargo e seguiu preso para Porto Alegre. Mais tarde, conseguiu burlar a vigilância da polícia do Governo do Estado e retornou para este município, juntando-se aos revolucionários.

Governando Caçapava do Sul Faria Lima criou novas escolas, sub-prefeituras e nomeou agentes fiscais nos distritos e agentes de serviços de estatística; criou secção de obras públicas; a guarda municipal; e regulou trânsito; os serviços de cemitério e do comércio de produtos alimentícios; criou a comissão auxiliar do município; a contadoria; e abriu inúmeras novas estradas no interior. No seu governo, ainda foram construídas as pontes de Santa Bárbara, Pitangueira Caldeirão, as primeiras sob a responsabilidade da municipalidade. Também aconteceu a inauguração da usina hidrelétrica da “Cascata”, em substituição a antiga, movida a lenha e que fornecia luz apenas do anoitecer até a meia noite. Durante o mandato teve como seus substitutos Avelino Lemos da Silveira, que atuava nos serviços fazendários, e o então presidente da Câmara de Vereadores, coronel João Vargas de Souza.

João Faria de Oliveira Lima foi homenageado nesta cidade com a denominação de via pública localizada no Bairro Floresta, paralela à Rua dos Parreirais e ao norte do Ginásio Municipal de Esportes Dr. Cyro Carlos de Melo/Melão, conforme Lei Municipal nº019, de 23 de junho de 1981, e teve seu nome escolhido para denominar o Aeroporto Municipal de Caçapava do Sul, através de Lei Municipal nº 03, de 21 de março de 1983, onde encontra-se o seu busto, confeccionado em bronze pelo artista caçapavano Valdomiro Miranda da Mota.

João Faria de Oliveira Lima faleceu em Caçapava do Sul em 16 de julho de 1982, aos 96 anos de idade.


Fátima Jovane Nunes

Pesquisadora

Sobre o(a) Autor(a)

Previsão do Tempo

TV Gazeta – Mil Edições