Aconteceu na noite de quinta-feira (10) uma reunião entre a Prefeitura e os representantes dos Centros de Tradições Gaúchas de Caçapava do Sul para discutirem as ações de comemoração da Semana Farroupilha, de 13 a 20, no município.

A reunião contou com a presença da Secretaria de Cultura e Turismo,  Secretaria de Saúde, Vigilância Sanitária e membros técnicos do Comitê de Combate ao coronavírus do Município que discutiram protocolos a serem tomados durante a Semana de enaltecimento da Cultura Gaúcha. Jair Bairros, representante da 18ª Coordenadoria também se fez presente e informou como vêm ocorrendo a programação nos demais municípios da Coordenadoria.

Foi decidido em conjunto com os Patrões, Patroas e demais representantes que, devido a Pandemia, neste ano, as entidades não farão seus tradicionais bailes, jantares, rondas e apresentações artísticas para resguardar a saúde da população e de seus associados.

De acordo com a Secretária de Saúde, que leu um protocolo emitido pelo Comitê, entidades que tiverem interesse em realizar a venda de “marmitas-farroupilhas”, com almoços ou jantares pegue e leve, ou tele-entrega, para garantir a saúde financeira de seus centros de tradição, poderão, desde que observado os protocolos e apresentado ao Comitê o plano de ação com a data. Também foi informado que Lives artísticas, sem a participação de público, poderão ser realizadas pelos CTGs. Ficou acordado entre Prefeitura, entidades e Comitê que não haverá o retorno de jogos durante a Semana Farroupilha.

Em relação aos tradicionais desfiles de abertura e de encerramento, devido a Pandemia, foi decidido que, para manter a Chama Crioula acesa e suas tradições, será feito um ato simbólico neste sábado, dia 12, às 11h, em Frente ao Centro de Cultura, com a participação de apenas um representante de cada CTG, quando estes assistirão o Coordenador da 18ª Coordenadoria, Márcio D’Ávilla entregar a chama Crioula ao representante da Secretaria de Cultura e Turismo, que guardará a Chama Crioula ao longo da Semana Farroupilha.

Neste ano, excepcionalmente, conforme acordado com os Centros de Tradições Gaúchas do Município, a Chama não será repassada para as rondas para evitar contato físico e resguardar a saúde de todos. O evento não terá a presença de público e a cerimônia será transmitida ao vivo pela Prefeitura Municipal. Nesta data, o prendado e Peonado do ano passado também deverá ser reconduzido ao posto.

Por fim, a Secretaria de Cultura e Turismo apresentou aos representantes dos CTGs a Lei Aldir Blanc e seu funcionamento, para entidades como os Centros de Tradições Gaúchas, possam conhecer seu funcionamento e apresentar projetos para resgatar fundos da Lei, destinada a Cultura.

Informações: Prefeitura Municipal