Segundo o proprietário do Super Engenho, Guilherme Frighetto, o supermercado foi procurado pela Fonoaudióloga Deise Maria de Azevedo Poglia, que atua na APAE, para expor as dificuldade encontradas no dia a dia de várias famílias atendidas pela APAE, em suas locomoções, passeios e compras em supermercados da cidade.

Tendo em vista o comprometimento da empresa com as leis de acessibilidade e inclusão. “Fomos em busca de carrinhos adaptados para proporcionar uma boa experiência de compra à nossos clientes”, relatou Guilherme.

Os carrinhos adaptados podem ser utilizados por adultos e crianças, e suportam até 100kg.

Deise Poglia agradeceu em nome de todas as famílias beneficias, “a empresa se engajou no projeto de melhoria de qualidade de vida de pessoas
especiais”, concluiu a fonoaudióloga.

Por Iara Menezes