Select Page

Grupo responsável por furto de 400 cabeças de gado por ano é preso em Pelotas

Grupo responsável por furto de 400 cabeças de gado por ano é preso em Pelotas

Dois dos seis suspeitos presos – Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil, por meio da Força-Tarefa de Combate aos Crimes Rurais e Abigeato, deflagrou, nesta segunda-feira(30), em Pelotas, a Operação Costa Doce, na qual seis pessoas foram presas por abigeato.

A Força-Tarefa, que foi coordenada pelos delegados Cristiano Ritta e André Mendes, há vários meses investigava uma organização criminosa especializada em abigeato na forma de carneada, a qual atacou várias cidades e era responsável pelo furto de pelo menos 400 cabeças de gado por ano.

A organização criminosa era composta por seis homens e uma mulher, cada qual com sua função definida dentro do grupo. Todos tiveram prisão preventiva decretada pela comarca de Pelotas. Os carneadores iam a campo furtar o gado utilizando veículos roubados, e sempre muito bem armados.

A carne era levada para Pelotas onde era comercializada em um açougue da cidade. A operacão foi denominada Costa Doce porque a investigação teve início por meio de alguns furtos de gado ocorridos nas proximidades da Lagoa dos Patos. Apurou-se durante as investigações que a organização atacava em praticamente toda metade Sul do Estado.

Alex Torrealba / Polícia Civil

30/10/2017

Sobre o(a) Autor(a)

Já nas bancas

Curta nossa página

Publicidade

Publicidade