Select Page

Justiça eleitoral realiza reunião de mobilização para o recadastramento biométrico

Justiça eleitoral realiza reunião de mobilização para o recadastramento biométrico

A Justiça eleitoral realizou na manhã desta quarta-feira, dia 14, uma reunião com diretores de escolas, gerentes de bancos, presidentes de entidades e dirigentes de instituições para solicitar o apoio na divulgação do recadastramento biométrico.

O prazo encerra em março de 2018, mas de acordo com o chefe do Cartório Eleitoral Fábio Macedo, a meta diária não está sendo atingida. Para alcançar a meta, 111 pessoas por dia deveriam fazer o recadastramento, hoje apenas 35 estão procurando o cartório.

“Caçapava tem 27 mil eleitores, somente 7 mil fizeram o recadastramento. Faltam 20 mil. A preocupação é que as pessoas deixem para a última hora. Quem fizer isso vai enfrentar fila, porque o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) determinou que a prioridade sejam gestantes, idosos, pessoas com necessidades especiais e aqueles que realizaram o agendamento através do site do TRE”, aponta Macedo.

O chefe do cartório explicou que as empresas também devem se organizar antecipadamente para que em 2018 este processo não cause impacto nas atividades diárias.

A Justiça Eleitoral não está convidando as pessoas para fazer o recadastramento, é uma convocação. Quem não fizer corre o risco de ter benefícios ou contas bancárias bloqueadas.

O presidente da Câmara Ricardo Rosso está disponibilizando para a população um servidor para fazer o agendamento para quem não tem acesso à internet.

“As pessoas que não conseguiram agendar no site do TRE podem procurar a Câmara”, afirma Rosso.

Além do Legislativo, a OAB também fará agendamentos para a comunidade.

Imprensa da Câmara

Sobre o(a) Autor(a)

Já nas bancas

Curta nossa página

Publicidade

Publicidade