Select Page

Memória do Futebol – Gre-Nal de Juvenis – Nilvo Dorneles

Memória do Futebol – Gre-Nal de Juvenis – Nilvo Dorneles

Para comemorar o cinquentenário do E.C. Aymoré, a diretoria do clube realizou diversos eventos esportivos e sociais ao longo do ano de 1974, movimentando de maneira muito especial nossa cidade. Foram realizadas partidas amistosas, jantares, solenidades e um baile no Clube União Caçapavana.

O Estádio Municipal Aristides Macedo foi palco de amistosos de luxo, cuja série iniciou em 10 de março com o Aymoré enfrentando o Expressinho do Grêmio e encerrou em 27 de outubro com um GRENAL de juvenis.

A preliminar do GRENAL foi o clássico caseiro Aymoré x Gaúcho, em disputa de uma taça oferecida pela Federação Gaúcha de Futebol. O Aymoré foi o vencedor pelo placar de 3×1, gols de Jorge (2) e Zé Antônio, descontando Mimoso para o Gaúcho.


O Internacional trouxe em sua delegação duas atrações extras: Luis Carlos Melo, o nosso Caçapava, e Larry Chaves. Larry, nascido em nossa cidade em 1956, foi quarto-zagueiro profissional do Internacional de 1977 a 1980, tendo sido campeão gaúcho em 1978.


O GRE-NAL foi vencido pelo Internacional pelo placar de 2×1. Treinada por Jorge Schimidt, a equipe colorada jogou bem melhor na primeira etapa, chegando a fazer 2×0, com gols de Caçapava e Euclides (contra). No segundo tempo, a equipe gremista reagiu e atacou um pouco mais, chegando ao gol de honra através do centroavante Manoel.

Vieira, treinador da equipe gremista, mandou a campo a seguinte formação: Luiz Alberto, Euclides, Antônio Carlos, Wilson e Celso Martins (Batista), Edson e Rubem, Val (Neves), Roberto, Ciro, João Alfredo (Manoel) e Eusébio (Jorge).

O jornal Folha do Sul, em sua edição de 07/11/1974, assim descreveu o clássico: “Numa análise global do jogo, chega-se fácil à conclusão de que o Internacional foi mesmo melhor e, por isto, a sua vitória foi inteiramente justa. O melhor jogador do clássico foi o ponta-esquerda colorado Lino”.


A renda obtida na bilheteria do Macedão, Cr$ 7.600,00, não foi suficiente para cobrir os custos com arbitragem e com a vinda das delegações de Inter e Grêmio, pois as despesas totalizaram Cr$ 20.000,00. O déficit foi absorvido pela Prefeitura Municipal, parceira do Aymoré na realização do evento.


A fotografia mostra o time do Internacional que disputou o clássico.

Em pé: Cabreira, Luiz Carlos, Bolinha, Édson, Beretta, Chico Fraga.
Agachados: Paulinho Rosa, Luiz Fernando, Marco Antônio, Caçapava, Lino.
Mascote: José Júnior Dias.


Por Nilvo Dorneles

Sobre o(a) Autor(a)

Previsão do Tempo

TV Gazeta – Mil Edições