Um ato pacífico para demonstrar a indignação e levantar a bandeira da “Não à Violência Contra as Mulheres”. Com este propósito milhares de mulheres e homens participaram de uma caminhada nesta sexta-feira, dia 6, em Caçapava do Sul.

A mobilização pelas redes sociais reuniu estudantes, profissionais liberais, empresárias, professores, comerciantes, vendedoras e donas de casa. O grupo protestou contra todos os tipos de violência e assédio (moral, psicológico, sexual, patrimonial e econômico).

Os motivos que levaram o grupo a organizar a caminhada são as histórias de mulheres que sofrem violência (física e moral) e compartilhadas todos os dias, seja nas redes sociais, na família ou entre amigos. O estupro que ocorreu na sexta-feira, dia 30, serviu como um gatilho, que fez com que o grupo se unisse e mobilizasse as mulheres.

A caminhada saiu da Praça Matias Velhor, ao lado CTG Sentinela dos Cerros e percorreu a rua 15 de Novembro até a Praça da Matriz. Vestindo camisetas brancas, empunhando faixas e cartazes, as mulheres gritavam palavras de ordem contra a violência.

Clique aqui e veja a GALERIA DE FOTOS