Selecione a página

Novo golpe do CPF (agora por mensagens)

Novo golpe do CPF (agora por mensagens)

Pessoas do Brasil inteiro estão recebendo mensagens por SMS, WhatsApp e até e-mails informando que estão em situação irregular junto à Receita Federal. Isso acontece com pessoas que estão com o CPF suspenso, pendente e até mesmo com quem está com tudo regular.

Estas mensagens trazem a identificação “Receita”, falam em IRPF e usam as cores da Receita Federal, além da bandeira nacional. Mas estão sendo enviadas por pessoas que nada têm a ver com a instituição.

No final, os golpistas pedem um pagamento de R$ 270,00 para “regularizar o CPF”.

A mesma taxa é cobrada por um site que ocupa o topo das pesquisas do Google e do Bing quando se busca por “cpf suspenso”, “regularizar cpf” e outros termos semelhantes.

Em qualquer um desses casos, só existe uma orientação: não pague.

Estas mensagens e sites NÃO SÃO da Receita Federal.

Houve relato de um cidadão que pagou a taxa, o serviço não foi executado e ele procurou a instituição. Ao fazer a pesquisa, a declaração entregue estava totalmente zerada. A empresa teria afirmado para ele que a retificação custaria mais R$ 170,00.

A Receita Federal esclarece que a regularização do CPF é realizada gratuitamente pelo site oficial (www.gov.br/receitafederal), e que os alertas enviados não possuem link de acesso. Ao entrar, o contribuinte deve selecionar a opção “Meu CPF”, em que encontrará orientações sobre como corrigir sua situação cadastral de acordo com a irregularidade no sistema.

 

Aberta a consulta ao segundo lote de restituição do IRPF 2022

Já está disponível a consulta ao lote deste mês, que inclui restituições de Imposto de Renda relativas a declarações deste ano e também a valores residuais de anos anteriores.

No Brasil inteiro, temos 4,2 milhões de pessoas contempladas neste lote, com um valor total de R$ 6,3 bilhões.

Só no Rio Grande do Sul, são 261.772 declarantes, com uma soma total de R$ 354,3 milhões.

Aqui na região de jurisdição da Delegacia da Receita Federal em Santa Maria, temos 25.721 contemplados, e suas restituições somadas dão R$ 38,2 milhões.

O crédito bancário será realizado no dia 30 de junho.

 

 

Sobre o autor

Ouça nosso Podcast

TV Gazeta – Vídeos

Previsão do Tempo

Publicidade

Publicidade

RESULTADOS

Signos

Publicidade

Publicidade