Depois de 29 edições, pela segunda vez, a Feira do Livro de Caçapava corre o risco de acabar. Inicialmente, o evento era chamado de Feira do Livro da Paróquia por ser realizado sob a responsabilidade do padre João Luiz Flesch e da professora Gasparina Leal Paz, em nome da Paróquia Nossa Senhora da Assunção. Isso ocorreu por 13 anos, até que, em 2004, quando da transferência do padre João, a Paróquia decidiu não mais promover a Feira. Então, os alunos das oficinas literárias ministradas pelo escritor Alcy Cheuiche em Caçapava, junto a um grupo de professores, assumiram a missão de organizar o evento.

Porém, agora, esse grupo já não deseja seguir com a função. Segundo o coordenador geral da Feira, Pedro Vanolin Macedo, a decisão é definitiva e unânime, e há vários motivos que levaram a ela.

– Tínhamos planejado realizar a 30ª Feira do Livro no ano de 2020 e, após o seu encerramento, comunicar a todos os possíveis interessados a intenção de encerrar nossas atividades. Existem vários motivos: o isolamento social causado pela pandemia ainda está distante de acabar; as dificuldades burocráticas impostas pela Lei das Parcerias são inaceitáveis para um grupo de voluntários que deseja apenas trabalhar pelo desenvolvimento cultural do seu município; aos poucos, os voluntários que cuidam dos estandes da Feira estão desistindo e não se encontram grupos dispostos a assumir esta tarefa; os membros da comissão organizadora, na maioria, estão se aproximando dos 70 anos, e a substituição deles, caso precisem se afastar, se torna cada vez mais difícil; e o modelo operacional da Feira está se tornando inviável pelo volume de trabalho e pela falta de mão de obra especializada – explicou.

Pedro Vanolin conta que, para planejar a Feira, normalmente ocorriam dez reuniões gerais, uma por semana, com participação de representantes das Secretarias de Educação e de Cultura e também de representantes de escolas homenageadas.

– No início do processo, a gente faz contatos com os escritores, negocia todos os detalhes. Em seguida, começa a debater a programação, agilizar a captação de recursos, encomendar os troféus, fazer a divulgação pelos meios disponíveis, enfim, pensar nos mínimos detalhes para que tudo aconteça de acordo com os nossos planos – disse.

Esse método funcionou por 16 anos e proporcionou a presença de grandes escritores na Feira do Livro de Caçapava, como Luis Fernando Veríssimo, Moacyr Scliar, Jane Tutikian e os patronos Luiz Antônio de Assis Brasil, Antônio Hohlfeldt, Airton Ortiz, Juremir Machado da Silva e Paulo Flávio Ledur, entre vários outros de renome nacional.

Em entrevista à Gazeta na semana passada, o escritor Alcy Cheuiche relembrou uma ocasião em que estava numa reunião da Academia Rio-grandense de Letras, quando surgiu o assunto das Feiras do Livro do interior do Estado. Neste momento, Airton Ortiz elogiou o evento de Caçapava:

– Ele disse: “a melhor é a de Caçapava, é a mais cultural, a que mais valoriza o escritor. Quando o escritor vai a Caçapava, aquela noite é só dele. Ele é homenageado mesmo.” – contou Alcy.

De acordo com Pedro Vanolin, se um novo grupo de voluntários quiser prosseguir o trabalho, a metodologia utilizada pelos agora antigos organizadores está à disposição.

Confira abaixo a lista de todos os patronos e patronesses das 29 edições da Feira do Livro:

I Feira do Livro da Paróquia – Setembro/1991: Patrono – Reynaldo Silva Cidade

II Feira do Livro da Paróquia – Outubro de 1991: não teve Patrono (evento interno da Paróquia)

III Feira do Livro da Paróquia – Outubro de 1992: Patrono – Nicolau da Silveira Abrão

IV Feira do Livro da Paróquia – Dezembro de 1993: Patrono – Carlos Cassel

V Feira do Livro da Paróquia – Outubro de 1994: Patrono – Arnaldo Luiz Cassol

VI Feira do Livro da Paróquia – Setembro de 1995: Patrono – Alcy José de Vargas Cheuiche

VII Feira do Livro da Paróquia – Junho de 1996: Patronesse – Clara Haag Kipper

VIII Feira do Livro da Paróquia – Agosto/Setembro de 1997: Patronesse – Anna Zoé da Silveira Cavalheiro

IX Feira do Livro da Paróquia – Agosto/Setembro de 1998: Patronesse – Gasparina Otília Leal Paz

X Feira do Livro da Paróquia – Setembro/Outubro de 1999: Patrono – Zeno Dias Chaves

XI Feira do Livro da Paróquia – Outubro de 2000: Patronesse – Geovane Machado de Souza

XII Feira do Livro da Paróquia – Outubro de 2001: Patrono – Euclides Pinto Torres

XIII Feira do Livro da Paróquia – Outubro de 2003: Patronesse – Ercília Maria de Moura Garcia Luiz

XIV Feira do Livro de Caçapava do Sul – Maio de 2004: Patronesse – Maria Augusta Silveira Alves

XV Feira do Livro de Caçapava do Sul – Maio de 2005: Patrono – Luiz Antônio de Assis Brasil

XVI Feira do Livro de Caçapava do Sul – Maio de 2006: Patronesse – Rosane Miolo dos Santos;

XVII Feira do Livro de Caçapava do Sul – Maio de 2007: Patrono – Antônio Hohlfeldt

XVIII Feira do Livro de Caçapava do Sul – Maio de 2008: Patrono – Luiz Hugo Burin

XIX Feira do Livro de Caçapava do Sul – Maio de 2009: Patrono – Walter Galvani

XX Feira do Livro de Caçapava do Sul – Maio de 2010: Patrono – Remaldo Carlos Cassol.

XXI Feira do Livro de Caçapava do Sul – Maio de 2011: Patrono – José Antonio Anonymus Gourmet Pinheiro Machado.

XXII Feira do Livro de Caçapava do Sul – Maio de 2012: Patrono – Rivadavia Severo

XXIII Feira do Livro de Caçapava do Sul – Abril/Maio de 2013: Patrono – Airton Ortiz

XXIV Feira do Livro de Caçapava do Sul – Maio de 2014: Patrona – Felícia Teresinha Soares Lopes

XXV Feira do Livro de Caçapava do Sul – Maio de 2015: Patrono – Juremir Machado da Silva

XXVI Feira do Livro de Caçapava do Sul – Abril/Maio de 2016: Patrono – José Antônio Severo

XXVII Feira do Livro de Caçapava do Sul – Maio de 2017: Patrono – Paulo Flávio Ledur

XXVIII Feira do Livro de Caçapava do Sul – Abril/Maio de 2018: Patrona – Ariane Severo

XXIX Feira do Livro de Caçapava do Sul – Maio de 2019: Patrono – Gujo Teixeira.