Doglas de Oliveira, de 29 anos, confessou ter assassinado Ana Carolina Vinholes de Meneses Morais, 12 anos, em Santana da Boa Vista. Em depoimento à delegada Débora Dias, na sexta-feira (19), ele alegou ter ouvido “vozes que o mandaram matar a adolescente”. O homem ainda contou que escondeu o corpo da vítima no roupeiro do seu quarto porque ficou nervoso ao ouvir a mãe dela batendo na porta procurando por ela. 

Oliveira ainda negou ter estuprado Ana Carolina. No entanto, os laudos do Instituto-Geral de Perícias confirmaram que houve abuso sexual. Foi coletado material genético dele para comparar com o que foi encontrado no cadáver.

Conforme a delegada Débora Dias, o inquérito será concluído na segunda-feira (22). O criminoso confesso deve ser indiciado por feminicídio e estupro de vulnerável. O homem está preso desde o último dia 10, quando ocorreu o crime. Ele foi transferido para a Penitenciária Estadual de Santa Maria, onde está isolado.

Ana Carolina foi encontrada morta na casa onde o homem morava com a mãe. A vítima procurava pela mulher, que é costureira.

Informações: Gaúcha ZH