O Rio Grande do Sul registrou o primeiro óbito infantil relacionado à Covid-19. A causa apontada foi Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica. A criança é um menino de sete anos, natural do município de Alto Feliz, na Serra Gaúcha. Apesar de não apresentar sintomas da doença, o resultado de seu exame foi positivo. Ele precisou ser internado em UTI, e faleceu em 11 de janeiro.

De acordo com a publicação da Secretaria Estadual da Saúde (SES), “a doença está associada ao coronavírus, com manifestações tardias após a infecção, podendo ou não a criança ter apresentado sintomas respiratórios de Covid-19”.

Ainda segundo a SES, a investigação sobre essa síndrome iniciou em agosto em todo o Brasil e, desde então, o Estado já registrou 25 casos. As idades variam de 0 a 15 anos, e 24 já tiveram alta hospitalar. Os sintomas da doença são febre persistente acompanhada de dores abdominais, conjuntivite, manchas vermelhas na pele, erupções cutâneas, dentre outros. Sintomas respiratórios nem sempre são apresentados.

 

Informações: Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul