Select Page

Pesquisa mostra que consumidor investirá 13º salário nas compras de natal

Pesquisa mostra que consumidor investirá 13º salário nas compras de natal

Uma parcela significativa de consumidores pretende utilizar os recursos do 13º salário para a compra de presentes (41,9%). A Pesquisa de Final de Ano 2017 da FecomércioRS, divulgada nesta terça-feira, dia 21, mostra que pela primeira vez, desde2012, a compra de presentes deverá ser o destino mais comum do 13º salário dos gaúchos.

Neste ano, a quitação de dívidas e a formação de poupança surgem como segunda e terceira opção dos gaúchos. A Fecomércio acredita que as vendas desse ano deverão crescer 7% em relação ao Natal do ano passado.

O levantamento ouviu 385 consumidores no período de 30 de outubro a 06 de novembro nas cidades de Porto Alegre, Santa Maria, Pelotas, Caxias do Sul e Ijuí. A pesquisa pode ser acessada aqui. 

Cada gaúcho deve desembolsar, em média, R$ 505,80 com os presentes de Natal, sendo que os homens lideram na previsão média de gastos, com R$ 534,65 contra R$ 486,11 pelas mulheres. A pesquisa sinaliza que cada pessoa vai adquirir, em média, 4,3 unidades de presentes, com custo unitário médio de R$ 117,39.

Na percepção dos consumidores, os gastos no Natal 2017 serão inferiores ao do Natal do ano passado.

Conforme os dados apurados, 43,3% dos entrevistados afirmaram que irão gastar menos ou muito menos do que em 2016, enquanto 22,8% pretendem desembolsar mais ou muito mais. O percentual que planeja direcionar o mesmo valor de 2016 foi de 33,9%. No entanto, quando comparado com o valor médio gasto apurado na pesquisa do ano passado, verifica-se um aumento nominal de 7,6%, o que em termos reais deve representar um aumento em torno de 5%.

Os tipos de presentes mais comuns neste ano serão artigos de vestuário (75,3%), brinquedos (45,7%) e calçados (18,7%). Vestuário foi citado como primeira opção por consumidores de todas as classes de renda. Os locais de compras preferidos, mais uma vez, serão as lojas do centro da cidade (73,5%), seguido por shopping centers (18,2%) e lojas de bairro (11,7%). A internet foi citada por apenas 3,6% dos entrevistados.

A modalidade de pagamento à vista mais uma vez será a preferida nas compras de Natal, citada por 73,0% dos gaúchos ouvidos. Dentre os 27,0% que afirmaram a intenção de utilizar o prazo, 45,2% pretendem pagar os presentes entre 4 a 6 parcelas, mostrando um alongamento nos pagamentos na comparação com o ano anterior.

Sobre o(a) Autor(a)

Confira nas Bancas

Curta nossa página

Ganhadores do Mérito

Publicidade

Publicidade