Selecione a página

Em busca de uma vaga na Assembleia Legislativa

Em busca de uma vaga na Assembleia Legislativa

Vereadora Jussarete Vargas lançou sua pré-candidatura à deputada estadual em evento com membros do PDT na noite de quarta-feira

A vereadora Jussarete Vargas (PDT) lançou sua pré-candidatura à deputada estadual na noite de quarta-feira, dia 25, em evento que contou com a participação de membros de seu partido e autoridades, na Chácara do Forte. Estavam presentes o prefeito Giovani Amestoy (PDT); o presidente do PDT em Caçapava, Adão Naldo Pereira; o vice-prefeito, Luiz Guglielmin (PSDB); os vereadores Mirella Biacchi (PDT) e Paulo Pereira (PDT); e secretários de município.

Em entrevista à Gazeta na terça-feira, dia 17, Jussarete Vargas disse que ficou muito feliz ao receber o convite do partido para se candidatar e que acredita que a política precisa de mais mulheres, pois elas representam a maior parte da população.

– É um grande orgulho pra uma mulher caçapavana, hoje, chegar a uma pré-candidatura a deputada estadual. A emoção é muito grande, é mais uma conquista. Acho muito importante a gente participar e representar os caçapavanos e a região Central – declarou.

No âmbito político, Jussarete Vargas está em seu terceiro mandato como vereadora e já atuou como secretária adjunta da Saúde. Ela foi a primeira mulher a assumir a diretoria do Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Caçapava, e também trabalhou como estagiária no setor de agendamentos da Prefeitura. Agora, seu objetivo é conquistar uma cadeira na Assembleia Legislativa.

– É uma decisão muito importante. A gente sabe que é difícil chegar lá, mas, como cheguei à vereadora, que nunca pensava que pudesse conseguir, acho que temos que ter pensamento positivo. Quando tu colocas teu nome a concorrer, tudo é possível – avaliou.

Se eleita, Jussarete pretende trabalhar por todas as causas, sobretudo pelas que tragam benefícios para Caçapava, para as pessoas especiais – ela é mãe de uma menina autista –, para os pequenos agricultores e para a ação social.

– Todos sabem que há muitas pessoas carentes no nosso Estado e que precisam muito do nosso apoio. A gente, quando vem de uma família humilde, uma família pobre, sabe a dificuldade que essas pessoas têm – finalizou.

Foto: William Brasil

Sobre o autor

Publicidade

Ouça nosso Podcast

TV Gazeta – Vídeos

Previsão do Tempo

Publicidade

Publicidade

RESULTADOS

Signos

Publicidade

Publicidade