Selecione a página

Moradores de Caçapava do Sul buscam solução para o fornecimento de energia

Moradores de Caçapava do Sul buscam solução para o fornecimento de energia

As constantes queda e falta de energia na região de Caçapava do Sul, na Campanha, além da demora em seu restabelecimento, foram os temas pautados na reunião de trabalho realizada na última sexta-feira (1) entre equipe técnica da RGE, concessionária responsável pelo serviço de distribuição de energia, e moradores, em sua maioria oriundos de comunidades rurais do município. Articulado pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Valdeci Oliveira, no encontro, realizado no CTG Sentinela do Forte, foi deliberado em comum acordo que a empresa irá centrar esforços nos trabalhos de poda da vegetação junto à rede de distribuição e acelerar a substituição dos postes de madeira por novas unidades de concreto.

Questões pontuais demandadas pelos participantes da audiência, como a troca de locais de instalação de postes dentro das pequenas propriedades e retardo no retorno da luz em alguns locais mesmo após o concerto da rede, também serão objeto de análise, incluindo visitas in loco com representantes dos usuários.

“É importante que sejamos sempre avisados. Quanto mais ligações para se identificar os pontos, melhor”, explicou o gerente de operações Bruno Niederauer. Segundo ele, os grupos de serviço não podem intervir sem um documento que os autorize para tal. Ainda de acordo com Niederauer, a RGE aumentou o número de equipes e de veículos para dar conta dos problemas decorrentes dos contínuos temporais e vendavais que têm afetado o fornecimento de luz.

Entre as reclamações apresentadas pelos consumidores também esteve a que solicitava que eles próprios realizassem o levantamento dos postes defeituosos ou prestes a cair.

“Não há condições de fazermos isso”, destacou o vereador Boca Torres, que tem acompanhado de perto as dificuldades pelas quais passam as comunidades rurais mais afastadas da área urbana da cidade.

“Foi uma reunião produtiva e cujos encaminhamentos e prazos acompanharemos de perto, pois a concessionária explora um serviço público e precisa dar retorno na prestação de serviços à altura das necessidades dos consumidores. Esse é um diálogo que precisa ser mantido”, observou o chefe do Parlamento estadual.

Por Agência de Notícias ALRS
Foto: Jorge Marcelo Antunes

Sobre o autor

Publicidade

Ouça nosso Podcast

TV Gazeta – Vídeos

Previsão do Tempo

Publicidade

Publicidade

RESULTADOS

Signos

Publicidade

Publicidade