Select Page

Prefeito pede união para enfrentar a crise financeira no serviço público

Prefeito pede união para enfrentar a crise financeira no serviço público

O prefeito Giovani Amestoy (PDT) usou a Tribuna Livre da Câmara de Vereadores nesta terça-feira dia 28, para pedir harmonia entre Executivo, Legislativo, servidores municipais e população em prol do desenvolvimento de Caçapava.

– É um dos deveres dos agentes políticos promover a aproximação e respeito entre os poderes, seja ele Legislativo, Executivo ou Judiciário. Eu, Giovani Amestoy, prefeito eleito através de votação popular, trabalharei para que essa relação seja ainda mais produtiva e que os frutos sejam colhidos pela população – disse ao ler o “Manifesto Pró Caçapava”.

Giovani lembrou da dificuldade dos municípios do Rio Grande do Sul devido a escassez de recursos, falta de repasses do Estado e União e pediu mais ajuda dos vereadores para trazer recursos.

– Neste período de parcos recursos, e pouca capacidade de investimento, em que vivemos; vale lembrar ainda mais a importância dos vereadores: não somente como fiscais e legisladores, mas como agentes políticos capazes de ajudar na busca de emendas com suas bases políticas para que possamos trazer melhorias para Caçapava do Sul e buscar desenvolvimento, como já vem ocorrendo – salientou.

O prefeito frisou ainda que, apesar de se tratarem de poderes diferentes , o diálogo construtivo favorece o desenvolvimento e lembrou que a falta de diálogo, “como já demonstrou a história, leva o homem a caminhos sombrios e de guerras”:

“Espero que a mesma harmonia encontrada no passado, entre outros governos, siga na atual gestão. E que os esforços do nosso trabalho, Executivo e Legislativo, se revertam em benefícios sociais e que sirvam como agentes de transormação”.

O prefeito também falou de seu afastamento das redes sociais “por presenciar uma guerra que não é o que eu penso, não é o que eu prezo e não é o que prego como político. Que as redes sociais não sejam usadas como uma guerra política partidária, mas para discussão de ações positivas e de propagação do que há de bom no município”, frisou.

Após a fala do prefeito, os vereadores Jussarete Vargas (PP), Caio Casanova (SDD), Alex Vargas (PMDB) e o presidente da Câmara, Ricardo Rosso (PP), parabenizaram a manifestação do prefeito solicitando mais harmonia entre os poderes e a comunidade em prol do município.

“Divergências fazem parte do regime democrático, mas solicito que o tom elevado da discussão não ensurdeça aqueles que trabalham para buscar soluções dos problemas apontados e que saibamos ouvir. Todos! Inclusive aqueles que, através do voto, nos confiaram a sua voz, de um grito de esperança para construirmos um município melhor! Afinal, o cidadão é o grande responsável e beneficiado pela democracia, e por ela deve-se sempre lutar”, completou.

Coordenadoria de Comunicação da Prefeitura
Foto: Imprensa da Câmara

Sobre o(a) Autor(a)

Ganhadores do Mérito

Já nas bancas

Curta nossa página

Publicidade

Publicidade