Ato foi assinado pelo prefeito Giovani Amestoy e a superintendente Anne Stock
(Foto: Prefeitura de Caçapava do Sul)

O prefeito Giovani Amestoy esteve na Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), em Porto Alegre, dia 22, para assinar, juntamente com a superintendente Anne Stock, o convênio entre o Município de Caçapava do Sul, Susepe e o Poder Judiciário para a instalação da fábrica de calçamento no Presídio Estadual.

No mês passado, o prefeito já havia se reunido no Fórum local com a superintendente, a juíza Paula Maurícia Brun; o promotor de Justiça Diogo Taborda; o diretor do Presídio Estadual, Daniel Aquino e com integrantes do Conselho da Comunidade para tratar da parceria.

O intuito do projeto é a instalação de uma fábrica de calçamento em uma área dentro do Presídio, cuja população carcerária é de mais de 60 presos, e usar mão de obra dos apenados: os indivíduos do regime fechado trabalhariam na fabricação do calçamento, enquanto os do regime semiaberto prestariam o serviço de colocação do calçamento.

– Seria uma forma de ressocializá-los, de ensiná-los uma nova profissão, que pode ajudá-los na recolocação no mercado de trabalho no término da pena, seja em construtoras ou mesmo cooperativas, e deles poderem se sentir mais úteis e colaborar com o município e suas famílias – completou o prefeito, que é servidor público da área de Segurança Pública.

Sobre o projeto de instalação da fábrica, a compra do maquinário (betoneiras, mesa vibratória, pás, formas, carrinho de mão e demais equipamentos) será feita pelo Judiciário através da Verba da VEC, assim como também da reforma de espaço, dentro do Presídio, para a instalação da empresa de calçamento. O município fornecerá o material (areia, cal, pedras) para a produção do calçamento, que servirá para calçar bairros e vilas.

Com informações da Comunicação da Prefeitura