Select Page

Projeto de Extensão da Unipampa oferece oficinas de produção de cerveja artesanal

Projeto de Extensão da Unipampa oferece oficinas de produção de cerveja artesanal

Integrantes do projeto de extensão no 2º encontro do grupo
(Foto: Divulgação)

As universidades brasileiras contam com três pilares de sustentação de seu funcionamento: ensino, pesquisa e extensão. Esses pilares interligam serviços de docentes, discentes e técnicos, pares que constituem a comunidade acadêmica, bem como da comunidade externa, fazendo com que a universidade abrace seu entorno ao inserir aqueles que estão fora do mundo acadêmico ao ambiente universitário, principalmente através dos projetos de extensão.

No Campus Caçapava do Sul da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), a integração da comunidade caçapavana ao mundo acadêmico tem se consolidado através de projetos como o de Produção de Cerveja Artesanal, Tecnologias e Legislação, coordenado pelo técnico-administrativo em educação, Guilherme Casanova. Este projeto de extensão visa levar informações sobre a produção de cerveja artesanalaos interessados em fabricar sua própria bebida.

A partir de informações teóricas, o projeto pretende construir uma atividade prática de fabricação caseira de cerveja e realizar análises químicas e físicas de produtos da indústria cervejeira artesanal, seja o participante um conhecedor das técnicas de produção ou mesmo leigo no assunto. As atividades dividem-se em quatro encontros, sendo basicamente um por mês, para que os participantes se organizem e adquiram seus equipamentos e matérias-primas para a produção.

O primeiro encontro é voltado a um panorama geral sobre a história da cerveja, a cerveja na atualidade, a legislação brasileira e o processo de fabricação artesanal e industrial. Já o segundo é uma atividade prática e concomitantemente teórica. Neste encontro, os participantes terão condições e informações suficientes para iniciar sua produção caseira.

O terceiro encontro é voltado para análises químicas em amostras de cerveja, seguindo alguns critérios que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) exige como padrão para a fabricação e venda. Dentre as análises feitas estão o nível de pH, acidez total, extratos, teor alcoólico. No quarto encontro é feita uma visitação a uma microcervejaria local, que está em crescimento na cidade de Caçapava do Sul, e os participantes conhecem mais sobre processos de fabricação de cerveja em uma escala semi-industrial.

Casanova frisa que a comunidade interna e externa participa de maneira efetiva do projeto, que tem o apoio de uma cervejaria local que incentiva a ideia das oficinas. “Para nossa surpresa houve um bom número de participantes externos à universidade e que estão interessados na produção de cerveja, inclusive uma microcervejaria local está sendo muito parceira nesse projeto. A comunidade interna também está participando”, relata o coordenador.

Além das atividades desenvolvidas nos quatro encontros, os participantes das oficinas também discutem e exercitam algumas técnicas de degustação. As oficinas acontecem aos sábados e possuem duração de três horas.

Casanova afirma, também, que Caçapava do Sul vem explorando a boa qualidade da água para fins de produção de cerveja, e a universidade está cada vez mais se inserindo em uma área de expansão no país, que é a produção de cerveja artesanal, que acontece com as orientações e as informações necessárias para leigos ou pessoas com alguma experiência no ramo invistam em futuras cervejarias.

Os idealizadores do projeto também pretendem realizar o 1º Encontro dos Cervejeiros Caseiros e Artesanais de Caçapava do Sul.

(Bárbara Carvalho Medeiros Ramos/ACS Unipampa)

Publicado em 15/06/2017, às 20h59

Sobre o(a) Autor(a)

Ganhadores do Mérito

Já nas bancas

Curta nossa página

Publicidade

Publicidade