Select Page

Publicitário de Caçapava organiza a Copa dos Refugiados

Publicitário de Caçapava organiza a Copa dos Refugiados

Kiko e o colega Cláudio da Agência Ponto, de Porto Alegre
(Foto: Reprodução)

Em tempos em que individualismo, intolerância cultural e preconceito parecem ser pauta constante, um evento segue na contramão, trazendo para Porto Alegre um verdadeiro show de inclusão social.

Tendo a Arena do Grêmio como palco, a primeira Copa dos Refugiados no Rio Grande do Sul será realizada no dia 26 de março de 2017 – no dia do 245º aniversário da capital gaúcha – e acaba de iniciar sua campanha de financiamento coletivo. O caçapavano Rodrigo Vivêncio (Kiko), da Agência Ponto de Porto Alegre é um dos promotores do evento.

Apostando na integração social como seu principal objetivo, o torneio de futebol terá migrantes e refugiados representando seus países de origem. O evento busca gerar maior protagonismo a essas pessoas que escolheram o Brasil como seu novo lar e proporcionar uma aproximação com a cidade. Além dos jogos, diversas ações de inclusão social, digital, cidadã e trabalhista estão previstas.

Na ocasião, refugiados e migrantes terão não só a oportunidade de enviar e receber mensagens para sua família, como também farão parte de uma plataforma onde poderão compartilhar seus currículos e encontrar oportunidades de emprego. Além disso, serviços complementares gratuitos, como exames básicos de saúde e auxílio jurídico também serão contemplados entre as ações do evento. A ideia é de que o torneio sirva não só como integração social, mas também possibilite melhores condições de vida para esses indivíduos.

A Copa dos Refugiados acontecerá em apenas um dia, mas muitas das ações se estenderão ao longo de todo o ano, em parceria com entidades e empresas apoiadoras do projeto como a Associação Antônio Vieira (ASAV), Associação Buriti de Arte, Cultura e Esporte (ABACE), criada pelo humorista Fábio Porchat, Arena do Grêmio, órgãos públicos e da sociedade civil.

Para contribuir com esse importante marco de integração social, uma campanha no Catarse – plataforma de financiamento coletivo – tem como objetivo arrecadar o dinheiro necessário para os custos básicos do evento, como o aluguel do estádio (subsidiado em parte pela Arena), confecção de material esportivo, taxas e serviços de alimentação e transporte, além das ações que ocorrerão no evento, como o álbum de figurinhas da Copa e muito mais.

Mais informações sobre o evento e a campanha de arrecadação em catarse.me/copadosrefugiados.

A COPA DOS REFUGIADOS
A ideia do evento nasceu em 2014, em São Paulo, a partir da iniciativa do refugiado congolês Jean Katumba, fundador da ONG “África do Coração”. Seu objetivo principal é a integração dos migrantes e refugiados à sociedade. Em 2016, Jean buscou apoio para engrandecer ainda mais sua ideia.

Agência Ponto
Ideias que geram lucro social, é uma agência de inovação que desenvolve projetos de impacto para um mundo melhor e mais justo. Agora, juntamente com Jean e outros parceiros importantes, a agência gaúcha traz para Porto Alegre o evento, juntamente com uma série de ações paralelas que vão gerar um impacto real na vida dos migrantes e refugiados.

Sobre o(a) Autor(a)

Curta nossa página

Confira nas Bancas

Publicidade

Publicidade