Select Page

Representantes do interior fazem reunião para discutir safra

Representantes do interior fazem reunião para discutir safra

O prefeito Giovani Amestoy, que acumula a função de Secretário de Agricultura, Indústria e Comércio e seu adjunto, Marcelo Freitas, além do Secretário de Obras, Paulo Henriques, convidaram produtores rurais representando diversas localidades e entidades e sindicatos para discutirem a safra 2017 na tarde desta quinta-feira (02), no gabinete.

“Reuni os produtores, entidades e sindicatos que representam a classe do homem do campo nesta tarde para anunciar que a partir da semana que vem, conforme solicitado por vocês, todas as nossas máquinas das Obras e Agricultura estarão no interior para atender a demanda de escoamento da safra, que será recorde neste ano em nosso município”, disse o prefeito Giovani.

De acordo com Paulo Henriques, a Secretaria de Obras fez um levantamento dos principais problemas das localidades do interior e foi traçado um mapa emergencial para os consertos de estradas e pontes.

Os produtores que participaram da reunião acordaram que é preciso começar pelas estradas com mais problemas e gradativamente ir fazendo o interior, de acordo com a safra e a data de transporte de animais para os frigoríficos.

O prefeito também lembrou que junto de suas Secretarias tem sido feitas visitas aos bairros, vilas e interior e que foram firmadas parcerias com outros municípios, como Lavras do Sul, Santana da Boa Vista e Cachoeira para o conserto das estradas e pontes.

O Secretário-adjunto disse que os produtores têm procurado a secretaria para propor parcerias com o Município para o conserto das estradas através de força tarefa, empréstimo de maquinário e até mesmo compra de materiais como tubos, cimentos e madeira e que essas ações em parceria são necessárias para o conserto dos mais de 6 mil quilometros de estradas do interior.

De acordo com a Coordenadoria de Comunicação da Prefeitura, participaram da reunião representantes de entidades, o ex-prefeito de Canoas, Jairo Jorge, além do Sindicato Rural e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Caçapava do Sul.

Dívida Ativa
A Secretaria de Agricultura Indústria e Comércio informa que produtores que estão com dívida ativa no município podem parcelar em até 48 vezes a dívida para legalizar sua situação e voltar a usar os benefícios oferecidos pelo município, dentre eles a Patrulha Agrícola.

Para voltar à adimplência é preciso procurar a Secretaria da Fazenda e negociar a dívida, que pode ser paga em parcelas mínimas de R$ 20,00.

Sobre o(a) Autor(a)

Já nas bancas

Curta nossa página

Publicidade

Publicidade