Select Page

Réu é condenado por morte de ex-nora

Réu é condenado por morte de ex-nora

Derli Dutra Machado foi condenado a seis anos de prisão
Foto: Marcelo Marques/Gazeta de Caçapava


O Tribunal do Júri de Caçapava do Sul condenou nesta terça-feira, dia 31 de outubro de 2017, Derli Dutra Machado, 62 anos, pelo homicídio da ex-nora, Andrea Moura Cucner, 30 anos, cometido no dia 24 de setembro de 2012. Ela era natural de Santana do Livramento e trabalhava em uma padaria no centro da cidade.

A juíza Paula Maurícia Brum sentenciou o réu a seis anos de prisão pelo crime de homicídio simples (pena pode variar entre seis e 20 anos). Derli pode recorrer em liberdade.

Conforme a denúncia do Ministério Público (MP), defendida pela Promotora Substituta Liziane da Fonseca, de São Gabriel, no dia do fato, por volta das 20h30min, Machado estava em sua residência, juntamente com a esposa e o neto, filho da vítima, quando Andrea foi até a casa e passou a questionar por que não foi avisada que pegaram o seu filho, iniciando uma discussão.

Segundo o MP, pretendendo não deixar Andrea entrar na residência para ter contato com o filho, o acusado pegou um revólver e colocou no bolso, no momento em que a vítima tentou entrar à força na casa, o denunciado sacou a arma e efetuou quatro disparos, sendo que um atingiu o crânio.

O réu foi defendido pelos advogados Léo Poglia Tronco e Estela Maris Martins Souza. De acordo com a defesa, Derli há 10 anos sofria agressões verbais e físicas de Andréa. Após notar que havia acertado a vítima, pediu para que sua mulher tomasse providências e saiu sem rumo.

No dia 27 de setembro de 2012, Derli se apresentou à Polícia e disse ter cometido o assassinato após uma discussão com Andréa. Ele entregou na delegacia a arma usada no crime, com seis cartuchos, quatro deles deflagrados.

Cerca de 20 pessoas acompanharam o julgamento, que teve início na manhã, por volta das 9h30min, e só foi encerrado por volta das 17 horas.


Nota da Redação

Leia a matéria completa sobre o Júri na edição impressa da Gazeta de sexta-feira, dia 03 de novembro.

Sobre o(a) Autor(a)

Já nas bancas

Curta nossa página

Publicidade

Publicidade