Select Page

RGE Sul alerta para atuação de golpistas que agem em nome da companhia

RGE Sul alerta para atuação de golpistas que agem em nome da companhia

Criminosos estariam entrando em contato com clientes
da concessionária, a fim de receber valores indevidos

A concessionária RGE Sul estão alertando clientes para a atuação de golpistas em suas áreas. Os criminosos tentam extrair valores financeiros dos consumidores. A atuação dessas pessoas ocorre por meio de contato telefônico, onde informam sobre uma suposta dívida que precisa ser negociada em até quatro horas. O que não é um procedimento de cobrança das empresas.

Para evitar prejuízos, a RGE Sul estão atuando em parceria com a Polícia Civil no fornecimento de informações e oferecendo dicas para que seus clientes se protejam.

A RGE Sul atestam que nenhum de seus colaboradores ou prestadores de serviço faz ou está autorizado a fazer em nome da companhia a cobrança de qualquer valor ou a solicitar depósitos/ transferências em contas bancárias.

Eletricistas e leituristas, que utilizam uniforme e crachá de identificação com foto, também não entram nas casas dos clientes. Seu acesso é restrito aos medidores de energia elétrica.

As empresas também informam que não fazem qualquer tipo de serviço mediante pagamento prévio. Cobranças são realizadas apenas via fatura de energia e, em casos excepcionais, nas agências de atendimento. Mesmo via telefone, as concessionárias não solicitam senha de acesso a seus sites o que, inclusive, é pessoal e intransferível de cada consumidor.

Ainda, não existem campanhas e sorteios da RGE e da RGE Sul sem a prévia divulgação nos sites das distribuidoras.

Caso o cliente suspeite de algo incorreto na fatura de energia elétrica, como valor, código de barras e qualidade do papel, a RGE Sul recomendam que os dados do consumidor sejam confirmados pelo Call Center ou pelo site da empresa: RGE Sul (0800.707.7272) e www.rgesul.com.br.

Na hipótese de o cliente ter sido vítima ou alvo de algum golpista, a orientação é a de que procure a Polícia Civil e efetue o registro de um Boletim de Ocorrência.

Sobre o(a) Autor(a)

Já nas bancas

Curta nossa página

Publicidade

Publicidade