Select Page

Salário dos vereadores é reajustado 6,75% e funcionários municipais 4,17%

Salário dos vereadores é reajustado 6,75% e funcionários municipais 4,17%

A Câmara de Vereadores realizou Sessão Extraordinária no gabinete da presidência na segunda-feira, dia 18, para apreciar dois projetos de lei, um que concedeu reposição salarial aos servidores públicos e professores municipais e outro aos servidores do Legislativo, Cargos de Confiança, Funções Gratificadas e vereadores.

O projeto 4.365/2019, enviado pela Prefeitura, concedeu reposição salarial aos funcionários municipais no percentual de 4,17%, referente as perdas do poder aquisitivo dos últimos doze meses.

Conforme justificativa do prefeito Giovani Amestoy (PDT), o indexador oficial usado para o cálculo do reajuste salarial foi o IGP-M – Índice Geral de Preços do Mercado, que totalizou 6,75% ao ano.

– Diante das enormes dificuldades financeiras que atingem o município, que se encontra em situação de emergência, em acordo com os representantes dos sindicatos dos Servidores e Professores Municipais, o percentual foi reduzido para 4,17%, atendendo as disponibilidades das dotações orçamentárias de 2019 – ressaltou o chefe do Executivo.

O segundo projeto (nº 4.366), de autoria do Poder Legislativo, aumentou os vencimentos dos servidores da Câmara, Cargos em Comissão (CCs), Funções Gratificadas (FGs) e vereadores no percentual de 6,75%, diferença de 2,58% em relação aos funcionários públicos.

Segundo o presidente da Câmara, vereador Silvio Tondo (PP), a diferença dos índices de reajustes do Executivo e Legislativo que ocorreu em 2018, foi para recuperar parte do reajuste de 2017, quando a Prefeitura concedeu reposição de 6,81%, e a Câmara reajustou os vencimentos em1,86% (índice da inflação).

Por estar em período de recesso parlamentar, os vereadores Caio Casanova (Solidariedade) e Ricardo Rosso (PP) não compareceram à reunião convocada pela presidência do Legislativo que não teve custos aos cofres públicos.

Sobre o(a) Autor(a)

Previsão do Tempo

TV Gazeta – Mil Edições