Select Page

Sindicatos Rurais fazem sugestões para elaboração de alinhamento estratégico

Sindicatos Rurais fazem sugestões para elaboração de alinhamento estratégico

Os presidentes e diretores dos Sindicatos Rurais do Rio Grande do Sul e diretores da FARSUL estiveram reunidos em Porto Alegre, nos dias 23 e 24 de maio, para contribuir para a elaboração do alinhamento estratégico e planejamento para o SENAR-RS, pelos próximos dez anos.

As questões foram avaliadas sob o ponto de vista do sistema no qual o SENAR-RS está integrado, que também envolve FARSUL, Casa Rural e Sindicatos Rurais. A atividade, conduzida pela Divisão de Inovação e Ações Especiais (DIAE) do SENAR-RS, reuniu cerca de 90 pessoas no Hotel Continental, em Porto Alegre, para traçar as estratégias e metas a serem alcançadas até 2027.

De acordo com o superintendente do SENAR-RS, Gilmar Tietböhl, todos os representantes de sindicatos se mostraram abertos ao diálogo e apontaram pontos em comum que desejam fortalecer: “tivemos um número expressivo de sindicatos, que trouxeram muitas sugestões. A partir de agora, vamos consolidar as questões mais importantes para elaborar um marco estratégico e, até o fim do ano, ter em mãos planos de ação para atingirmos os objetivos traçados”, afirmar Tietböhl.

A atividade foi dividida em três etapas: um momento para contemplar o passado e analisar o alinhamento que foi elaborado em 2006, para avaliar como foram implantadas as ações sugeridas na época. O segundo momento foi de construir a missão e os valores do sistema. Em um terceiro momento, os participantes discutiram os desafios para 2027 e as ações para alcançar os objetivos traçados para, após, priorizá-las.

O presidente do Sindicato Rural de Santa Rosa, Denir Frosi, considerou o encontro uma excelente oportunidade para troca de ideias com presidentes e representantes de sindicatos de outras cidades: “foi surpreendente, porque vimos que, para um mesmo assunto, cada um pensava em uma abordagem. Tivemos tempo para refletir sobre o que estava sendo proposto e voltar ao assunto no dia seguinte. Mas é só o começo do trabalho” lembra Frosi.

O vice-presidente do Sindicato Rural de Joia, Sérvulo Luiz Zardin, elogiou a metodologia usada, desenvolvida para trabalhar com grande grupos e ressaltou que, além de ouvir todos os sindicatos, é necessário revisitar os objetivos e demandas do meio rural com alguma frequência, já que as mudanças tecnológicas trazem novos desafios cada vez mais rapidamente.

Quatro eixos nortearam as discussões dos desafios para 2027: representatividade e sustentabilidade, mercado, produtividade e macroambientes. De acordo com o chefe da Divisão de Inovação e Ações Especiais, Taylor Favero Guedes, um dos pontos priorizados pelos participates foi a necessidade de promover a capacitação dos dirigentes dos sindicatos rurais. As considerações farão parte de um relatório que será a base para a elaboração do plano de ação que guiará os próximos dez anos. O evento ocorreu em Porto Alegre e foi encerrado em um almoço comemorativo aos 90 anos da Farsul, em Esteio.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SENAR-RS

Sobre o(a) Autor(a)

Ganhadores do Mérito

Já nas bancas

Curta nossa página

Publicidade

Publicidade