Select Page

SISU – Unipampa oferta 3.180 vagas em dez cidades do RS

SISU – Unipampa oferta 3.180 vagas em dez cidades do RS

A Universidade Federal do Pampa (Unipampa) oferece 3.180 vagas para ingresso em 2017, em 64 cursos de graduação, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Os candidatos interessados em concorrer a uma dessas vagas devem se inscrever no site http://sisu.mec.gov.br/, entre os dias 24 e 27 de janeiro. É necessário informar o número de inscrição e a senha usados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016.

O Sisu, que é um sistema informatizado do Ministério da Educação, utiliza a nota obtida no Enem, no ano de 2016. O candidato poderá se inscrever em duas opções de vaga na mesma universidade ou em instituições diferentes. O resultado da chamada regular será divulgado no dia 30 de janeiro. A matrícula desta etapa ocorrerá nos dias 3, 6 e 7 de fevereiro. Os cursos disponíveis, a documentação necessária e outras informações podem ser acessadas no site http://www12.unipampa.edu.br/sisu/.

Os cursos de graduação da Unipampa são distribuídos em dez cidades: Alegrete, Bagé, Caçapava do Sul, Dom Pedrito, Itaqui, Jaguarão, Santana do Livramento, São Borja, São Gabriel e Uruguaiana.

Instrumento de Inclusão Regional
Além da reserva de vagas para pessoas com deficiência, neste ano, a Unipampa inova com o Instrumento de Inclusão Regional para ingresso no curso de Medicina, que consiste em um acréscimo de 20% na nota final do candidato no Enem. A graduação é ofertada no Campus Uruguaiana.

Terão direito ao argumento de Inclusão Regional os concorrentes que tiverem cursado todo o ensino médio em escolas regulares e presenciais dos municípios de Alegrete, Bagé, Caçapava do Sul, Dom Pedrito, Itaqui, Jaguarão, Santana do Livramento, São Borja, São Gabriel, Uruguaiana, Barra do Quaraí, Quaraí, Maçambará, Manoel Viana, Rosário do Sul e Santa Margarida do Sul. O acréscimo de 20% na nota final do candidato no Enem terá efeito, apenas, classificatório.

Os candidatos que tiverem concluído o ensino médio através do Enem, exame supletivo ou equivalente, deverão comprovar residência em algum dos municípios de abrangência da inclusão regional nos três anos que antecedem a sua candidatura ao curso de Medicina. Os possíveis beneficiários tanto do instrumento de inclusão regional quanto da política de reserva de vagas, definida pela Lei nº 12.711/2012, deverão optar por uma dessas duas ações afirmativas, não sendo permitida a sua aplicação cumulativa. O instrumento de Inclusão Regional é válido somente para o curso de Medicina.

Edital nº 19/2017 – Sistema de Seleção Unificada (Sisu) – Processo Seletivo 2017
Por Franceli Couto Jorge / Unipampa

 

nicola01

Sobre o(a) Autor(a)

Ganhadores do Mérito

Já nas bancas

Curta nossa página

Publicidade

Publicidade