A empresa Zona Azul Brasil, que presta serviços de estacionamento rotativo em Caçapava do Sul pediu a suspensão do contrato pelo período de 24 meses, a partir do dia 20 de março. A empresa alegou a suspensão por motivo de “desequilíbrio econômico financeiro verificado no curso da contratação dada pelo município”.

Segundo a Imprensa da Prefeitura, os postes instalados pela empresa foram doados ao município, conforme o Termo Aditivo do contrato.

A Administração recomendou ainda que, a partir do dia 21 de fevereiro a empresa não mais comercializasse créditos pré-pagos aos usuários. Sendo válido até dia 20 de março apenas a venda de tíquetes avulsos e o consumo dos créditos pré-pagos já existentes.

O usuário que ainda tiver crédito a partir da data de suspensão do contrato, poderá solicitar à empresa, via email adm.cacapava@zonaazul.com.br, consultas, informações de saldo e/ou até restituição dos créditos pré pagos (lembrando que o processo estará suspenso e não cancelado podendo, inclusive, o valor de crédito ser utilizado futuramente), respeitando os procedimentos de reembolso a concessionária.

Também é possível usar os créditos para pagamentos de avisos de irregularidades pendentes do usuário com a empresa Zona Azul.