Selecione a página

A Santa MISSA e SEU VALOR

A Santa MISSA  e SEU VALOR

Com alegria compartilho com vocês, estimados leitores, parte de um artigo do Pe. Antônio Rodrigues Alves sobre o valor da Santa Missa. Aliás, muitos católicos e não católicos ainda não entenderam o grande valor da Santa Missa. São Pio, falando sobre a Eucaristia, afirmou: “Se todos soubessem o valor da Santa Missa, seria preciso guardas nas portas das Igrejas!”

A introdução geral do Missal Romano diz para nós cristãos católicos, a celebração eucarística como ação de Cristo e do seu povo é o centro da vida e ação de Igreja. Na Santa Missa somos convocados pelo próprio Deus, que nos reúne no amor de Seu Filho, Jesus Cristo, para santificar o mundo e nós, seres humanos, oferecendo o sacrifício a Deus Pai. É por esse motivo que na Eucaristia somos chamados a uma participação consciente, ativa e plena do corpo e do espírito, animada pelo fervor da fé, da esperança e da caridade. Tal ação se constitui pela natureza da celebração.

Na missa é onde vivenciamos o sacrifício eucarístico, que é fonte e centro de toda a vida cristã. Na Santíssima Eucaristia está contido todo o “tesouro espiritual” da Igreja, isto é, o próprio Cristo, a nossa Páscoa e o pão vivo que dá aos homens a vida mediante a sua carne vivificada pelo Espírito Santo. Na Eucaristia, culmina toda a ação pela qual Deus, em Cristo, santifica o mundo, bem como todo o culto pelo qual os homens, por meio de Cristo, Filho de Deus, no Espírito Santo, prestam adoração ao Pai. Nela, comemoram-se também, ao longo do ano, os mistérios da redenção, de tal forma que eles se tornam, de algum modo, presentes. Todas as outras ações sagradas, e todas as obras da vida cristã com ela estão relacionadas, dela derivam e a ela se ordenam. Tamanha é a importância da celebração da Santa Missa, pois nela evidenciamos a eficácia e a dignidade da celebração eucarística, por ser a Ação de Cristo e da Igreja, portanto, é crucial que todos nós tenhamos consciência da importância e da dignidade da Eucaristia para que possamos, de fato, participar plenamente do mistério eucarístico e, assim, darmos o devido valor que ela merece. Quando recebemos o corpo de Cristo, unimo-nos a Ele e tornamo-nos membros do seu corpo místico, unidos a todos os irmãos e irmãs do céu e da terra. Nunca é tarde para descobrirmos o grande valor da Santa Missa! Que a Eucaristia nos torne cada vez mais parecidos com Jesus!

Sobre o autor

Publicidade

Ouça nosso Podcast

TV Gazeta – Vídeos

Previsão do Tempo

Publicidade

Publicidade

RESULTADOS

Signos

Publicidade

Publicidade