Selecione a página

Prefeitura planeja Centro Multiprofissional

Prefeitura planeja Centro Multiprofissional

A Prefeitura deve apresentar ainda neste mês um projeto à Comissão de Educação da Câmara de Vereadores para a criação de um Centro Multiprofissional, que atenderá crianças com deficiências, alunas da rede municipal de ensino. O Centro deverá funcionar na Escola Eliana Bassi de Melo, que foi municipalizada, e está passando por adaptações para receber as atividades. Como essa é uma iniciativa municipal, será executada com recursos próprios da Prefeitura.

– O Centro está sendo planejado para dar suporte às escolas municipais, e principalmente para auxiliar no desenvolvimento dos alunos que são o público-alvo da Educação Especial ou que apresentam alguma dificuldade ou transtorno de aprendizagem. Ele foi pensado para esse público, e também para professores e pais – explicou Alice Huerta, coordenadora de Educação Especial da Secretaria de Educação de Caçapava.

Segundo Alice, a opção pela Escola Eliana se deu pelo espaço disponível no local para todos os atendimentos, tanto clínicos como terapêuticos, que a Prefeitura tem a intenção de oferecer: com fonoaudióloga, psicóloga, psicopedagoga, educadores especiais e musicoterapeuta.

– A partir destes atendimentos, vamos fomentar a parceria que já temos com a Apae para oferecer atendimentos diferenciados, como a equoterapia, que são muito importantes para as crianças. A gente vê o desenvolvimento delas com essas terapias, que trazem bons resultados. Já tivemos uma experiência com a equoterapia no ano passado, e os pais ficaram supersatisfeitos – relatou Alice.

Para coordenadora, o Centro Multiprofissional é um grande avanço que Caçapava faz na área da educação porque dará suporte às escolas e às famílias, tendo em vista que o município tem uma demanda grande pelos serviços que lá serão oferecidos.

– O mais importante é que idealizamos esse Centro para que seja uma política pública municipal, e não uma política de governo. Independente de quem for assumir a Prefeitura daqui a quatro anos, esperamos que o Centro continue e cresça, aumentando os atendimentos às crianças – declarou.

Também de acordo com Alice, algumas medidas já estão sendo colocadas em prática para dar agilidade à implantação dos atendimentos, como a análise do fluxo de crianças, dos encaminhamentos possíveis e da quantidade de crianças que há no município para ser atendidas.

Caçapava já oferece atendimentos pedagógicos aos alunos com deficiência nas escolas a partir da educação inicial. Estes seguirão ocorrendo, e as atividades desenvolvidas no Centro serão um complemento. Alguns profissionais que trabalharão no Centro fazem parte do quadro da Prefeitura, como a psicopedagoga, a coordenação e a musicoterapeuta; outros deverão ser contratados ou nomeados através de concursos públicos: psicólogos, fonoaudiólogos e assistentes sociais.

Sobre o autor

Publicidade

Ouça nosso Podcast

TV Gazeta – Vídeos

Previsão do Tempo

Publicidade

Publicidade

RESULTADOS

Signos

Publicidade

Publicidade