Selecione a página

Registrado mais um caso de raiva bovina

Registrado mais um caso de raiva bovina

A Inspetoria Veterinária de Caçapava registrou mais um caso de raiva bovina, desta vez na localidade de Picada das Graças. Após notificação de um animal com sintomatologia, a coleta de material para exame foi feita na propriedade na terça-feira, dia 23. O resultado positivo foi confirmado na quinta-feira, dia 25. Por isso, todos os produtores devem vacinar seus animais. Se esta for a primeira vez, é necessário fazer duas doses com intervalo de 21 dias entre elas. Caso os animais já tenham sido vacinados, pode ser feito apenas um reforço.

A Inspetoria alerta que, se o produtor identificar animais com mordedura de morcego, é importante que procure locais onde possa haver refúgios na propriedade, tais como casas abandonadas, ocos de árvores, buracos no chão, fendas em pedras, sempre com água por perto. Os refúgios da localidade do Seival, onde ocorreu o caso anterior, foram revisados no início de março pela Inspetoria e pela Equipe da Raiva da Secretaria de Agricultura do Estado. Em alguns deles, havia morcegos hematófagos, que foram combatidos.

Em entrevista à Gazeta em fevereiro, a fiscal estadual agropecuária que atua na Inspetoria de Caçapava, Brunna Velho, explicou que a doença pode ser transmitida para humanos, e que a contaminação por raiva pode levar a morte.

– Poucas pessoas tiveram recuperação, e ficaram com sequelas – disse a fiscal à época.

Sobre o autor

Publicidade

Ouça nosso Podcast

TV Gazeta – Vídeos

Previsão do Tempo

Publicidade

Publicidade

RESULTADOS

Signos

Publicidade

Publicidade