Uma conversa sobre História, literatura e memória do Rio Grande do Sul e do Uruguai. Esse é o objetivo do evento Charlas doble chapas, que ocorrerá em Caçapava no dia 06 de abril.

Com formato de mesa redonda – e próximo da informalidade de uma conversa/charla – o encontro tem como convidado especial Oscar Padrón Favre, um dos principais historiadores do Uruguai. Completam a mesa os jornalistas e pesquisadores Euclides Torres e João Alberto D. Santos, responsáveis também pela organização do evento que, com entrada franca, está marcado para às 19 horas, no salão do Instituto Estadual de Educação Dinarte Ribeiro.

Em debate vão estar temas da formação histórica do Rio Grande do Sul e do Uruguai, com destaque para episódios que, no período farroupilha (1835 – 1845), tiveram Caçapava como referência e cenário principal. Um deles completa, em abril, 180 anos e teve como protagonistas os caudilhos Bento Manoel Ribeiro e Fructuoso Rivera, dois personagens centrais nos estudos, pesquisas e livros dos convidados Padrón Favre e Euclides Torres.

O evento em Caçapava faz parte de uma série de debates organizada pelo Projeto Simplicio – Literatura, Memória e Identidade. São sempre encontros entre brasileiros e uruguaios, realizados no Brasil e no Uruguai. O caçapavano João Alberto D. Santos é o gestor cultural do projeto.