O ano de 2018 tem vários eventos astronômicos especiais. No verão tivemos duas Luas cheias Blue Moon, uma em janeiro e ou outra em março, o que só vai se repetir daqui a 19 anos, em 20137.

A segunda Lua cheia dentro de um mês do calendário é chamada de Lua cheia Blue Moon. Esta é a definição mais aceita uma Blue Moon e duas Luas Blue Moon no mesmo ano, como em 2018, só ocorre 3 a 5 vezes em um século.

Já ocorreu um eclipse total lunar em 31 de janeiro e brevemente,* entre os dias 27 e 28 de julho de 2018, teremos outro eclipse total da Lua*. Mas este segundo eclipse lunar total está sendo muito aguardado porque é considerado o mais longo eclipse do século 21*! A duração total será de *103 minutos e será visível em muitas áreas do planeta, inclusive em grande parte do Brasil.

Mas um eclipse nunca ocorre sozinho, isolado. *Eclipses solares acontecem próximos de eclipses lunares*. Em geral ocorrem dois eclipses seguidos, mas podem ocorrer até três eventos muito próximos. O eclipse solar ocorre
aproximadamente duas semanas antes ou duas semanas depois de um eclipse lunar.

O eclipse lunar especial de 27/28 de julho de 2018 será o segundo da temporada.

Veja as datas dos próximos eclipses lunares e solares de 2018:

27/28 de julho de 2018 – eclipse lunar total

11 de agosto de 2018 – eclipse solar parcial

<https://www.climatempo.com.br/participe>

*Foto de Pousada Arco-Íris, São Tomé das Letras (MG)*

Eclipse lunar total de 27/28 de julho de 2018
O segundo eclipse lunar total de 2018 será visível, total ou parcialmente em na Austrália, Ásia, África, Europa e América do Sul. Quem estiver nos Estados Unidos, no Canadá, Groenlândia, México e a maioria das áreas da América Central não verá nenhuma fase deste eclipse.

Na próxima semana o site da Climatempo dará mais informações sobre este eclipse lunar total tão especial. Será possível ver o eclipse em todo o Brasil, mas não em todas as suas fases.

Eclipse melhora a visualização de Marte
Quando ocorre um eclipse total lunar, a noite fica mais escura, o que possibilita a melhor visualização de outros astros. Durante o eclipse dos dias 27 e 28 de julho, Marte estará muito próximo da Lua eclipsada e será possível ver melhor o planeta vermelho. Dá para ver a olho nu!

 

Fonte: Climatempo