A vereadora Márcia Gervásio (PDT) denunciou em sua página no Facebook a venda de materiais na sede da Secretaria de Assistência Social de Caçapava. Os materiais, doados pela Receita Federal de Santa Maria, estariam sendo comercializados dentro da secretaria. A vereadora registrou boletim de ocorrência na delegacia de Polícia.

Leia a nota publicada pela veredora na rede social
Na quarta, à noite, recebi uma denúncia que me chocou como cidadã: um vídeo que mostra produtos apreendidos pela Receita Federal do Brasil e doados ao município para ações beneficentes de final de ano, sendo comercializados, supostamente, de maneira ilegal, dentro de um órgão público: a própria Secretaria de Assistência Social.

É comum a Secretaria de Assistência Social requisitar esse tipo de material para que seja doado às famílias em situação de vulnerabilidade ou entregues a entidades sociais para a realização de brechós. Vender esses produtos estaria dentro da lei, caso a secretaria tivesse feito uma licitação, na modalidade de leilão público, porém, como mostra o vídeo não foi isso que aconteceu.

Na quinta-feira, fui até a Receita Federal, procurei entender o que estava acontecendo e saber da veracidade. Também me informei sobre quais produtos foram doados e a quantidade.
Devido a gravidade do fato, o material foi encaminhado às autoridades competentes e registrado boletim de ocorrência. Fica a cargo das autoridades investigar os fatos e tomar providências.